Premiação

Curta maranhense "Aquarela" recebe dois prêmios no Festival de Gramado

Veja a lista completa dos vencedores do Festival de Gramado 2018.
Na Mira27/08/2018 às 20h37
Curta maranhense "Aquarela" recebe dois prêmios no Festival de GramadoAquarela é baseado em fatos reais e rendeu dois prêmios no Festival de Cinema de Gramado. (Foto: Divulgação)

BRASIL - O tradicional Festival de Cinema de Gramado ocorreu nesse domingo (26/8), durante a 46ª edição do evento, destacou o drama Ferrugem, de Aly Muritiba, que levou o Kikito de melhor longa nacional.

Assista ao trailer:


O curta metragem maranhense, Aquarela, produzido pelos diretores e roteiristas Thiago Kistenmacker e Al Danuzio, levou dois prêmios para casa, de Melhor Desenho de Som e Melhor Montagem.

Baseado em fatos reais, 'Aquarela' contra a história de Ana, uma moça que mora com sua sogra e filha enquanto seu noivo, Marcelo, aguarda o julgamento na prisão. Indo contra a vontade do noivo, Ana o visita na penitenciária e a sua família passa a ser ameaçada pelo líder da facção. O curta, que possui 15 minutos de duração,retrata o abuso sofrido pelas mulheres dos detentos atrás dos muros do presidio.

Outros destaques no Festival de Gramado foi: a animação 'Guaxuma' que levou o prêmio de melhor curta-metragem, o longa 'Benzinho', que levou os prêmios de melhor atriz (Adriana Esteves) e melhor atriz coadjuvante (Karine Telles) e longa paraguaio As herdeiras, que levou o Kikito de melhor filme estrangeiro.

Confira a lista de premiados:


Longas brasileiros
Melhor Desenho de Som: Alexandre Rogoski (Ferrugem)
Melhor Trilha Musical: Max De Castro e Wilson Simoninha (Simonal)
Melhor Direção de Arte: Yurika Yamazaki (Simonal)
Melhor Montagem: Gustavo Giani (A voz do silêncio)
Melhor Ator Coadjuvante: Ricardo Gelli (10 segundos para vencer)
Melhor Atriz Coadjuvante: Adriana Esteves (Benzinho)
Melhor Fotografia: Pablo Baião (Simonal)
Melhor Roteiro: Jessica Candal e Aly Muritiba (Ferrugem)
Melhor Ator: Osmar Prado (10 segundos para vencer)
Melhor Atriz: Karine Telles (Benzinho)
Menção Honrosa: A cidade dos piratas, de Otto Guerra
Melhor filme do Júri Popular: Benzinho
Melhor filme do Júri da Crítica: Benzinho
Melhor Direção: André Ristum (A voz do silêncio)
Melhor Filme: Ferrugem

Curta-metragem brasileiro
Melhor Desenho de Som: Fábio Carneiro Leão, por Aquarela
Melhor Trilha Musical: Manoel do Norte, por A Retirada Para Um Coração Bruto
Melhor Direção de Arte: Pedro Franz e Rafael Coutinho, por Torre
Melhor Montagem: Thiago Kistenmacker, por Aquarela
Melhor Fotografia: Beto Martins, por Nova Iorque
Melhor Roteiro: Marco Antônio Pereira, por A Retirada Para Um Coração Bruto
Melhor Ator: Manoel do Norte, por A Retirada Para Um Coração Bruto
Melhor Atriz: Maria Tugira Cardoso, por Catadora de Gente
Prêmio Especial do Júri: Estamos todos aqui, de Chico Santos e Rafael Mellim
Prêmio Canal Brasil de Curtas: Nova Iorque, de Leo Tabosa
Melhor Filme do Júri Popular: Torre, de Nádia Mangolini
Melhor Filme do Júri da Crítica: Torre, de Nádia Mangolini
Melhor Direção: Fábio Rodrigo, por Kairo
Melhor Filme: Guaxuma, de Nara Normande

Longas estrangeiros
Melhor Fotografia: Nelson Waisntein, por Averno
Melhor Roteiro: Marcelo Martinessi, por Las Herederas
Melhor Ator: Nestor Guzzini, por Mi Mundial
Melhor Atriz: Ana Brum, Margarita Irun e Ana Ivanova, por Las Herederas
Prêmio Especial do Júri: Averno, de Marcos Loayza
Melhor Filme do Júri Popular: Las Herederas, de Marcelo Martinessi
Melhor Filme do Júri da Crítica: Las Herederas, de Marcelo Martinessi
Melhor Direção: Marcelo Martinessi, por Las Herederas

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.