Não é mito!

Saiba 10 verdades sobre a cirurgia plástica no nariz

O cirurgião plástico Giancarlo Dall´Olio fala sobre detalhes da Rinoplastia. Confira!
Na Mira, com informações da Assessoria23/04/2018 às 11h25
Saiba 10 verdades sobre a cirurgia plástica no narizTem dúvidas sobre a cirurgia plástica no nariz? Veja as dicas do especialista! (Foto: reprodução)

BRASIL - Conhecida como rinoplastia, a cirurgia plástica no nariz é um procedimento cirúrgico muito procurado para melhorar a harmonia facial. Mas você sabia que essa operação também vai muito além de fins estéticos? O cirurgião plástico Giancarlo Dall´Olio conta algumas verdades sobre o procedimento que caiu no gosto de muitos famosos por aí:

Leia também: Quer evitar problemas com a mama? Veja dicas do especialista!

  1. O Brasil é um dos países onde mais se realiza cirurgia plástica no mundo. A cirurgia no nariz ocupa a sétima posição do ranking nacional.
  2. 55% das cirurgias plásticas no nariz feitas em todo o mundo tem como motivo melhorar a aparência em "selfies". É o que aponta estudo recente da Academia Americana de Cirurgiões Plásticos Faciais e Reconstrutores.
  3. O formato do nariz geralmente é hereditário. A rinoplastia pode mudar desde o tamanho até a ponta do nariz caso seja muito grande, caída ou arrebitada.
  4. A cirurgia só pode ser feita caso o crescimento facial esteja totalmente finalizado. Isso ocorre em média a partir dos 13 anos de idade.
  5. Durante o estudo pré operatório exames de imagem como a tomografia computadorizada pode auxiliar no planejamento cirúrgico.
  6. Essa cirurgia também pode corrigir ou melhorar a dificuldade respiratória causada por anormalidades estruturais do nariz, como o desvio de septo que geralmente ocasiona perda da qualidade do sono, diminuição do olfato, do paladar e da qualidade de respiração.
  7. Muitos pacientes que sofriam de rinite e sinusite notam melhoras drásticas no quadro após a operação.
  8. Antes da cirurgia é necessário interromper o uso de medicamentos como aspirina e anti-inflamatórios.
  9. A cicatrização é um processo lento. Pode levar vários meses para que o inchaço desapareça e até um ano ou mais para que o resultado efetivo seja percebido em sua totalidade.
  10. É fundamental que o médico escolhido tenha uma sinergia com o paciente e seja especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.