Atenção!

Seis dicas de sobrevivência para a maratona de compras de Natal

Além das compras é importante se preocupar também com a saúde.
Na Mira 02/12/2016 às 16h05

Com a proximidade do Natal, é hora de encarar os shoppings lotados e centros de compra popular em busca do presente perfeito. Para enfrentar essa verdadeira maratona, a clínica geral Lígia Brito, dá algumas dicas de como se preparar melhor e evitar aborrecimentos.

1 – Hidrate-se constantemente: é fundamental a ingestão de muita água, suco de frutas, isotônicos ou água de coco, principalmente se estiver realizando as compras em locais a céu aberto, para evitar tontura e mal-estar, que podem surgir após um longo período exposto ao sol.

2 – Alimente-se antes de sair de casa: faça uma refeição reforçada, leve e rica em carboidratos para dar energia. Outra dica é a ingestão de alimentos rápidos e práticos, como barra de cereal e frutas. Não é indicado o consumo de alimentos com maionese e ovo, pois ambos se deterioram rapidamente com o calor. Também é preciso ficar alerta com a higiene dos ambulantes e restaurantes. “É importante observar a limpeza, armazenagem e validade desses alimentos. No caso das bebidas, não consuma com lacre amassado nas garrafas e latas”, recomenda a médica.

3 – Proteja-se do sol: Normalmente, os centros populares são em local aberto e, por isso, é imprescindível o uso de protetor, a cada três horas, no rosto e demais partes do corpo. Bonés, chapéus e óculos escuros também são ótimos parceiros.

4 - Cuidado com as crianças: Lígia Brito sugere não levar a garotada em locais tão movimentados. Além de ser muito cansativo, as crianças podem se dispersar facilmente. Caso não seja possível deixá-las em casa, a especialista recomenda atenção redobrada aos pais para a hidratação dos filhos, que são mais sensíveis do que os adultos.

5 - Bactérias estão por toda a parte: Em locais muito movimentados, é indicado utilizar álcool em gel para higienizar as mãos. Quando for ao banheiro, é preciso lavar bem as mãos antes e depois da sua utilização. No interior das lojas, a atenção deve ser redobrada: o vírus da gripe, H1N1 e vírus entéricos (que podem causar diarreia e vômitos) podem estar em todo lugar e no ano inteiro.

6 – Abuse do conforto: Dê preferência para tênis e sapatos baixos para evitar dores nos pés e coluna. Já as sandálias abertas não são indicadas. “Em locais a céu aberto, os pés estão expostos às infecções e micoses”, destaca a clínica geral. Roupas leves também são mais indicadas para enfrentar o calor.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.