Mudança

Netflix confirma que começará a cobrar pelo compartilhamento de senhas

Até o momento, não há uma data específica para o início das cobranças desse serviço no Brasil.

Imirante

O desafio é implementar a medida sem perder um grande número de assinantes.
O desafio é implementar a medida sem perder um grande número de assinantes. (Reprodução)

BRASIL - A Netflix informou nessa quinta-feira (19) que vai passar a cobrar pelo compartilhamento de contas de seus usuários ainda no primeiro semestre deste ano. A medida não deve afetar pessoas que moram na mesma casa, mas sim os assinantens que compartilham a conta em residências diferentes.

De acordo com a informação disponibilizada pela plataforma de streaming, o serviço de compartilhamento deve ser implementado por meio de uma cobrança específica para desbloqueio do recurso. “Enquanto nossos termos de uso limitam o uso da Netflix a uma família, reconhecemos que isso é uma mudança para membros que compartilham suas contas de forma mais ampla. À medida que lançamos o compartilhamento pago, assinantes em muitos países também terão a opção de pagar mais se quiserem compartilhar a conta com pessoas com quem não moram”, informou a empresa.

Durante o relatório financeiro do quarto trimestre de 2022, a Netflix explicou o motivo de interferir na prática de compartilhamento de senhas ainda neste ano. "O compartilhamento generalizado de contas hoje (mais de 100 milhões de famílias) prejudica nossa capacidade de longo prazo de investir e melhorar a Netflix, bem como de construir nossos negócios. Enquanto nossos termos de uso limitam o uso do Netflix a uma família, reconhecemos que esta é uma mudança para membros que compartilham suas contas de forma mais ampla.”, justificou a plataforma de streaming.

A mudança deve gerar uma reação negativa da parte dos assinantes da Netflix, principalmente daqueles que costumam compartilhar a própria conta com outras pessoas. Até o momento, não há uma data exata para o início das cobranças desse serviço no Brasil.

 

 

 


 


 


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.