Polêmica

‘Tentar ser melhor', diz Luísa Sonza sobre processo por racismo

A cantora informou a seus seguidores que precisou de um tempo para refletir e se colocar no lugar da autora da ação.

Na Mira, com informações do g1

- Atualizada em 27/09/2022 às 11h35
‘Tentar ser melhor', diz Luíza Sonza sobre processo por racismo
‘Tentar ser melhor', diz Luíza Sonza sobre processo por racismo (Foto; Reprodução/Youtube)

BRASIL - A cantora Luísa Sonza, de 24 anos, se manifestou pela primeira vez sobre a acusação de racismo feita contra ela em 2018. Luíza afirmou que vai respeitar o valor pedido pela autora na tentativa de "resolver amigavelmente".

"Estou lidando com essa situação como uma oportunidade para tentar ser melhor, como sempre tentei fazer todas as vezes que alguma coisa aconteceu comigo, publicamente ou não", afirmou a cantora no Twitter.

"Por isso, a minha decisão é solicitar uma audiência especial para resolver amigavelmente o processo, acatando o valor pedido pela Autora.", escreve Sonza.

A ação foi movida em 2018, mas só ganhou notoriedade em 2020. A advogada Isabel Macedo de Jesus, do Rio de Janeiro, processa a artista por racismo pedindo o valor de R $10 mil por danos morais, de acordo com informações do Portal Uol.

De acordo com os dados do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, a ação também foi movida contra a Pousada Zé Maria, em Fernando de Noronha, local onde foi descrito o ocorrido. Isabel teria ido passar férias no arquipélago quando foi abordada pela cantora com um tapa e ordenou que lhe trouxesse um copo de água.

Em 2020, quando o caso ganhou notoriedade pela mídia, a cantora negou em suas redes sociais que teria cometido qualquer tipo de ação racista, afirmando que seus fãs conheciam sua índole e caráter. 

"Gente, tudo isso é mentira! Eu jamais teria esse tipo de atitude. Vocês me conhecem bem, sabem qual é meu caráter, minha índole. Eu jamais ofenderia outra pessoa por conta da cor da sua pele. Jamais! Essa acusação é absurda", publicou Sonza.

Na época, a assessoria de Luísa afirmou que o caso era falso, inverídico e vinha "em um momento oportunista em razão do crescimento exponencial da carreira da artista".

Nesta segunda-feira (19), a cantora informou a seus seguidores que precisou de um tempo para refletir e se colocar no lugar da autora da ação. 

"Estou acompanhando tudo e meu silêncio nesses dias não é porque não queria falar sobre o assunto, mas porque eu precisava desse tempo para refletir, conversar com as pessoas e entender melhor algumas questões que achei que dominava, mas me dei conta que não", afirmou esta noite a cantora.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.