Inusitado

''Golpista do Tinder'' cobra mais de R$100 mil para ir em festas por todo o mundo

Simon Leviev cobra cachê para comparecer em festas luxuosas ao redor do mundo com direito à hotel cinco estrelas e jatinho particular.

Na Mira

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h12
''Golpista do Tinder'', Simon Leviev, cobra cachê para ir em festas ao redor do mundo.
''Golpista do Tinder'', Simon Leviev, cobra cachê para ir em festas ao redor do mundo. (Foto: Reprodução)

MUNDO - Conhecido como 'Golpista do Tinder', Simon Leviev está tentando de todas as maneiras lucrar com o sucesso do documentário em que foi apontado como autor de diversos crimes de estelionato e falsidade ideológica, 'Golpista do Tinder'. Simon está cobrando cerca de R$ 100 mil apenas para fazer presença em boates internacionais.

Leia também: Golpista do Tinder'' quer entrar no ramo do entretenimento

Segundo informações do site de notícias internacional "TMZ", Simon tem diversas ofertas me países como Estados Unidos, México e Alemanha que estariam dispostos a contratar Simon para curtir em festas luxuosas após notoriedade negativa do israelense no documentário. Além do cachê, Simon Leviev estaria cobrando também por seguranças, hospedagem em hotel cinco estrelas, transporte ao local em veículo de luxo e uma viagem em um jato particular.

Shimon Yehuda Hayu, nome verdadeiro do israelense que tem seu nome atrelado a diversos golpes envolvendo quantias milionárias contra vítimas em um aplicativo de namoro, além de está sendo alvo das vítimas do golpe, os filhos do verdadeiro "Rei dos Diamantes", Lev Leviev por difamação e violação de privacidade. De acordo com o advogado da família do magnata, a família pretende doar o dinheiro obtido de Shimon para as outras vítimas do golpe.

"Por muito tempo, Simon vem fazendo falsas representações como sendo filho de Lev Leviev e recebendo inúmeros benefícios (incluindo materiais), astutamente e mentindo, alegando ser membro da Família Leviev, e que sua família pagará e arcará com os custos de seus benefícios". "Ele até usou a marca registrada LLD Diamonds para fazer suas vítimas acreditarem que ele era realmente parte da empresa de diamantes (é CEO não menos, por sua assinatura) e era membro da Família Leviev", diz processo contra Shimon.

Shimon assinou contrato com uma agente de de talentos famosa em Hollywood, Gina Rodriguez, e pretende entrar com tudo no ramo do entretenimento, começando com um podcast sobre sua vida e até mesmo escrever um livro.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.