Deu ruim

Felipe Neto ganha R$ 35 mil em ação judicial contra deputado por divulgação de fake news

O Youtuber anunciou que o dinheiro irá para o Instituto Marielle Franco.

Na Mira

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h01
O caso ocorreu em 2019.
O caso ocorreu em 2019. (Foto: Reprodução)

O Youtuber Felipe Neto ganhou, na última quinta-feira (26), uma ação judicial contra o deputado Carlos Jordy, do PSL. A justiça determinou o pagamento de R$ 35 mil por indenização pela divulgação de fake news envolvendo ao influencer.

O deputado divulgou informações falsas que associavam a imagem de Felipe Neto ao massacre de Susano, em São Paulo.

A decisão foi publicada na sexta-feira (27) e prevê o pagamento em até 60 dias e multa diária de R$ 500 em casa de descumprimento das determinações.

“Ante a ausência de comprovação de que o massacre de Suzano tenha sido causado por jovens seguidores de Felipe Neto, bem como que tenha sido cometido por conta e por influência dele e por não haver nexo de causalidade no alegado, deverá a parte ré indenizar o autor a título de danos morais pela falsa alegação divulgada, servindo, inclusive, para prevenir novos abusos a serem cometidos, conforme entende também a jurisprudência de nosso Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro”, declarou a juíza Bianca Ferreira do Amaral Machado Nigri.

Em seu Twitter, Felipe Neto anunciou que o dinheiro que será pago pelo deputado irá para o "Instituto Marielle Franco" e para o "Ocupa Sapatão".

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.