Alquimia Sonora

Produtores de sêlo norte-americano destacam musicalidade de Beto Ehong

O norte-americano Stevie B e o brasileiro Adassi, da Interliked Records, participaram da produção musical de Curare, disponível nas plataformas digitais.

Pedro Sobrinho/Jornalista

- Atualizada em 09/08/2022 às 21h18

O single Curare, de Beto Ehong, foi lançado em 11 de março deste ano e está disponível nas plataformas digitais. O single está no canal do músico no Youtube. Para saber mais acesse www.betoehong.com

A produção musical é do selo californiano/USA Interlinked Records, que tem os músicos produtores Steve B e Addasi Addasi com trabalhos assinados com grandes nomes da música mundial, tais como Snoop Dog, Eminem, The Gamer, Michael Jackson (Steve) e Los Lobos, João Gordo do Ratos de Porão (Addasi). Em entrevista ao PLUGADO, na MIRANTE FM, no último dia 1º de agosto, os dois produtores destacaram a importância da música brasileira para o mundo e do que representa esta conexão com o cantor e compositor maranhense BETO EHONGUE. Saiba mais ouvindo o bate-papo no Podcast Plugado-MIRANTE FM.

Gravação videoclipe do single Curare do Beto Ehong. Foto: Divulgação
Gravação videoclipe do single Curare do Beto Ehong. Foto: Divulgação

Curare

A música, de raiz ambientalista e beat forte, crava suas metáforas com água e veneno bem no peito da desordem organizada e anti-ecológica criada nos últimos tempos no mundo, principalmente no Brasil.

Videoclipe

O video, feito no centro histórico de São Luís, pela Carabinas Filmes, tem como protagonistas os ícones da cultura popular do Maranhão: o cazumbá (Hugo Benígno), a índia do bumba boi da Floresta (Geliciane Moraes), o fofão (Flávia Jeonara) – um dos mais marcantes personagens do carnaval de São Luís, e ainda o Makoko (Beto Ehong), personagem criado pelo próprio artista pra simbolizar a arte de culturas ancestrais pra contar uma história cheia cheia de cores, força e diversidades em tempos de negação e fazer valer a arte e o amor.

Trecho da letra

“Por isso eu vou meter um rio em você, rolar uma pedra no caminho a tua cara na lama essa vai ser a tua fama lá no fundo do Brasil…”

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.