Troca de Ideia

Noite Preta com a rapper paraense Adh4raa e Beto Ehong

O rolê será neste sábado (5/8), a partir das 19h, no Miolo Café Bar, na avenida Litorânea

Pedro Sobrinho / Jornalista

- Atualizada em 04/08/2023 às 08h46

NOITE PRETA, rolê idealizado pelo DJ e produtor Pedro Sobrinho em co-parceria com a produtora e também jornalista Aiara Dália, tem como objetivo celebrar a diversidade da música preta tendo no seu line-up artistas locais ou nacionais que vestem essa camisa.

Adhr4aa e Wuk fazem barulho com muito trap, rap e R&B no Noite Preta. Foto: Divulgação
Adhr4aa e Wuk fazem barulho com muito trap, rap e R&B no Noite Preta. Foto: Divulgação

E para essa primeira edição a festa conta com uma super programação, a começar pela paraense Adh4raa,  uma jovem nortista que passeia entre o ReB, trap e declamações de poesias, Adh4raa que compõe sobres suas vivências como mulher negra paraense vem trazendo músicas autorais que excitam o empoderamento feminino, quebrando o machismo predominante na cena da cultura Hip Hop. Ela será acompanhada do DJ e produtor musical WUK.

E pra celebrar ainda mais a noite ela traz seu mais novo lançamento, o single BABY, BÊ sua primeira música R&B, a primeira faixa onde ela fala sobre seus sentimentos mais internos, produzida musicalmente pela 2Bit Records, Xavier 2Bit e Raikage. A artista em temporada por São Luís leva na bagagem participações em eventos marcantes, abrindo show de Gabriel O Pensador, Festival Kebrada, Festival Baddest Party e outros mais. A rapper de 23 anos promete uma vibe poderosa na Noite Preta.

Beto Ehong apresenta o show Siô, Groove no Noite Preta. Foto: Divulgação
Beto Ehong apresenta o show Siô, Groove no Noite Preta. Foto: Divulgação

Uma outra atração é BETO EHONG e o SIÔ GROOVE, um show aparelhado em suas principais vertentes, o reggae, o rap e seus gêneros, as essências locais com seus tambores e versos.

- Sera um show raiz conectado com novas vertentes, com os beats junto a batida orgânica e referências a Gilberto Gil, Bob Marley, Baiana System, Zé Olhinho, recorrentes homenagens ao poeta Celso Borges além de outros roots do futuro - define BETO.

O repertório traz canções já conhecida do público como Maria de Jesus, Inna Boreal, São Luís Dèjá-Vu, Na Fita e músicas inéditas. Destaques para O Eterno Verão do Reggae de parceria com o magnata Fauzy Beydoun, líder da Tribo de Jah,  Uma Canção de Amor, um reggae praiano de Beto Ehong e Alê Muniz. No show, BETO será acompanhado por Raflea na guitarra e Caio Oiak nas pick-ups.

E por último e não menos importante, um dos idealizadores da festa o DJ e produtor Pedro Sobrinho, com uma firme credibilidade em todos os projetos que realiza, é um dos precursores na discotecagem contemporânea no Maranhão. Integrante da equipe Mirante FM costuma abrir espaços para diversos artistas de renomes e iniciando a carreira.

Conectado com o mundo Pedro Sobrinho promete um set original e com a pista pegando fogo. A Noite Preta acontece nesse sábado, dia 5 de agosto no Miolo Bar, localizado na Avenida Litorânea a partir das 19h, o ingresso/couvert custa apenas R$ 20,00. Inevitável.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.