MPB

BiD anuncia a gravação do Jah-Van Volume 2 para 2023

Lançado em dezembro de 2018, o Jah-Van Vol. 1 – disponível em todas as plataformas digitais tem Zeca Baleiro, Seu Jorge, Fernanda Abreu, Ivete Sangalo, entre outros.

Pedro Sobrinho / Jornalista

- Atualizada em 16/01/2023 às 23h20

EDUARDO BIDLOVSKI, o BiD, visitou São Luís pela segunda vez. A primeira, foi em 2012. Após 11 anos sem visitar à capital maranhense, o cantor, compositor e produtor musical, retorna e, segundo ele, virou o ano na Casa Fanti Ashanti. Em entrevista ao PLUGADO, na MIRANTE FM, no último dia 3 de Janeiro, BiD disse ter vivenciado uma experiência única.

BiD conversando com o jornalista Pedro Sobrinho, no Plugado, na Mirante FM. Foto: Divulgação
BiD conversando com o jornalista Pedro Sobrinho, no Plugado, na Mirante FM. Foto: Divulgação

Afinado com a Cultural Popular do Maranhão e o reggae consumido na Jamaica Brasileira, BiD destacou projeto com Milton Nascimento e várias parcerias, além do BALANÇO BLACK, em parceria com Flavio Frederico, mostrando a importância de pioneiros da música preta brasileira, como Tim Maia, Cassiano, Hyldon e Tony Tornado na década de 1970.

JAH-VAN: Volume 2

Ainda na TROCA DE IDEIA, BiD soltou o 'spoiler' da gravação do JAH-VAN, volume 2. Segundo BiD, o disco será lançado ainda este ano.

- Um dos nomes confirmados para o trabalho é o do pernambucano Lenine. Ele foi convidado para participar do primeiro volume, mas não foi possível. Agora, ele chega pra somar e tá super-feliz por fazer do projeto tendo em vista a importância de Djavan na trajetória musical do Lenine e também pela amizade existente entre eles - diz.

“Jah-Van”: a magia jamaicana nos clássicos do mestre Djavan

Já caiu no gosto e no coração dos regueiros (e de muitas pessoas que não são habitualmente ou necessariamente fãs de música jamaicana): o álbum “Jah-Van – Djavan Goes Jamaica”, concebido pelo produtor BiD (fundador do Funk Como Le Gusta e responsável por clássicos como o disco “Afrociberdelia”, de Chico Science & Nação Zumbi) ao lado do músico Fernando Nunes, propõe a releitura de alguns clássicos do grande Djavan em versões que passeiam pelo ska, rocksteady, roots e demais ritmos da ilha caribenha.

Lançado em dezembro de 2018, o disco – disponível em todas as plataformas digitais tem o videoclipe da música “Sina”, interpretada por Arnaldo Antunes e Rincon Sapiência. Além dos dois artistas, o álbum conta com participações de nomes como Seu Jorge, Chico César, Criolo, Fernanda Abreu, Ivete Sangalo,  Dada Yute e The Abyssinians, entre diversos outros.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.