Psicanálise, Literatura e Música

Clarice Lispector será anfitriã do Café Freudiano neste sábado, no Teatro do Sesc

O evento tem ínicio às 9h30, e terá a participação de As Brasileirinhas. Idealizado pelo psicanalista William Amorim, o Café Freudiano tem por objetivo levar a psicanálise para além das paredes dos consultórios, com arte.

Pedro Sobrinho / Jornalista

- Atualizada em 08/12/2022 às 22h08
William Amorim, psicanalista, idealizador do Café Freudiano. Foto: Divulgação
William Amorim, psicanalista, idealizador do Café Freudiano. Foto: Divulgação (Divulgação)

Com o tema QUEM TEM MEDO DE CLARICE ? o CAFÉ FREUDIANO ocorre neste sábado (10/12), na quarta e última edição presencial em 2022, tendo como local o TEATRO NAPOLEÃO EWERTON, na avenida dos Holandeses, no Calhau. O cofee e retirada dos ingressos ocorre às 9h30. O evento tem início às 10h.

Em entrevista ao jornalista PEDRO SOBRINHO, no quadro TROCA DE IDEIA, no PLUGADO, na MIRANTE FM, o psicanalista WILLIAM AMORIM, idealizador e realizador do CAFÉ FREUDIANO, falou da retomada presencial e, também, destacou a presença da obra de CLARICE LISPECTOR como anfitriã do evento e da sua afinidade com a escritora e jornalista brasileira nascida na Ucrânia. Autora de romances, contos, e ensaios, é considerada uma das escritoras brasileiras mais importantes do século XX.

Além de Clarice Lispector, o CAFÉ FREUDIANO recebe AS BRASILEIRINHAS, o primeiro grupo de samba feminino do BRASIL. Indagado sobre esta conexão do samba com a obra de CLARICE LISPECTOR, William definiu este encontro da mistura do samba com uma paixão nacional a uma escritora hermética e mais POP das redes sociais.

- Eu pensei em uma atração que se aproximasse do universo literário da Clarice Lispector, pois ela é tida como uma escritora hermética e ao mesmo a mais pop nas redes sociais. O sambam que é uma paixão nacional, um patrimônio tão bonito, tem a ver com Clarice. As Brasileirinhas estão festejando 30 anos de carreira. Resolvi fazer esta mistura. E acho que vai dar samba. E vamos ter surpresa nesta edição sem "spoiler" - brinca.

Psicanálise, música e literatura

Realizado todo mês pelo Corpo Freudiano Escola de Psicanálise Seção São Luís, o “Café Freudiano” tem por objetivo levar a psicanálise para além das paredes dos consultórios, promovendo discussões sobre temáticas ligadas à cultura por um viés psicanalítico, mas numa conexão com música e literatura. Após dois anos de pandemia, o Café foi retomado a em setembro deste ano.

A reestreia presencial do evento “Café Freudiano” com o tema “As vozes das sereias: gozo e morte“, contará com uma palestra ministrada pelo Psicanalista e Professor Doutor Jean-Michel Vivés, da Universidade Côte d’Azur, de Paris, na França.

Para mais informações entre em contato pelo telefone: (98) 3235-9186 e pelas redes sociais do Corpo Freudiano São Luís. 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.