Entrevista

Resistência: mesmo com problemas, Maranhão Open Air entrega shows históricos

“É um sonho que nós estamos realizando e uma reparação histórica.”

Bárbara Liz

O rock e metal podem não ser alguns dos gêneros mais populares no Nordeste brasileiro, mas, nos dias 12 e 13 de novembro, uma legião de aficionados se reuniram no Rio Poty Hotel para prestigiarem grandes nomes da música pesada, a nível local, nacional e até internacional. 

Programação original. Imagem: Divulgação.
Programação original. Imagem: Divulgação.

No entanto, das 24 atrações divulgadas originalmente, apenas 17 se apresentaram. E, inclusive, no último dia do festival, as apresentações aconteceram em apenas um dos dois palcos montados. 

Richie Ramone foi uma das grandes atrações do evento. Créditos: Maranhão Open Air.
Richie Ramone foi uma das grandes atrações do evento. Créditos: Maranhão Open Air.

No domingo, o público acompanhou shows históricos de Richie Ramone, Shaman, Dorsal Atlântica, Ambush, Garotos Podres, Rebaelliun, Gangrena Gasosa, Scrok e Tanatron.

A repórter de assuntos culturais, Bárbara Liz, conta como foi o segundo dia do festival. Acompanhe na íntegra: 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.