Marrom: cinquentenário com a música

Alcione festeja 50 anos com show, comendas e musical

Além das turnês pelo Brasil e exterior, que serão um revival de sua carreira, a artista gravará um projeto audiovisual, neste domingo, dia 5 de junho, às 19h, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Pedro Sobrinho / Jornalista

- Atualizada em 30/05/2022 às 21h02
Alcione 50 anos de cumplicidade com a música
Alcione 50 anos de cumplicidade com a música (Google/Divulgação)

Ao completar 50 anos de cumplicidade com a música em 2022 e uma vitoriosa trajetória artística ALCIONE prepara uma série de eventos comemorativos com o propósito, exclusivo, de celebrar esse antológico meio século de dedicação e amor à  música.  

Além das turnês pelo Brasil e exterior, que serão um revival de sua carreira, a artista gravará um projeto audiovisual, neste domingo, dia 5 de junho, às  19h, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, com seus principais hits. No espetáculo, a Marrom contará com as participações especiais da sua inseparável Banda do Sol e de integrantes da Orquestra Maré do Amanhã. Dois grupos de bailarinos, entre clássicos e modernos. Também estarão no palco prestigiando o show: a Cia Marcelo Chocolate e Sheila Aquino e a Companhia Armazém Bistrô. O show de 50 anos da cantora Alcione tem patrocínio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do RJ, através da Lei de Incentivo à Cultura, em parceria com a Ambev,  e e terá a direção musical do maestro Alexandre Menezes, e direção geral de Solange Nazareth. Os figurinos serão assinados por Gebran Smera. O projeto será mais uma parceria entre a Marrom Music, empresa da cantora, e a gravadora Biscoito Fino. O Theatro Municipal abrirá suas portas, no dia da gravação, às 18h.

E por falar na Secretaria de Cultura, a Prefeitura do RJ irá disponibilizar algumas vans para levar pessoas das mais variadas comunidades, do Rio e interior, que nunca foram ao Theatro Municipal, para assistir ao show da cantora. Uma iniciativa absolutamente louvável. 

Outros eventos serão realizados para festejar  cinquentenário de cumplicidade com a música da Marrom. Em clima de festejo, no ano passado, aconteceu o lançamento do longa-metragem "O Samba é Primo do Jazz", um resumo biográfico que vem sendo apresentado em festivais de cinema e conta a história da intérprete maranhense que saiu de São Luís para conquistar o mundo com o seu timbre vocal inconfundível, personalidade forte e tornou-se uma referência nacional.

Em Junho de 2022, além de diversos shows pelo país, Alcione já tem agendadas apresentações também pela Europa: 12/6 (dia dos Namorados), ela se apresenta em  Londres, capital inglesa. Dia 14/6 Coliseu dos Recreios, em Lisboa; 15/6 no Coliseu do Porto; 16/6 Centro de Artes de Águeda e em 27/6, Festival do Funchal, em Portugal.

Marrom, o Musical

Uma outra excelente novidade e que já está em fase final de produção, é o espetáculo intitulado "Marrom, o Musical". Idealizado por Jô Santana, escrito e dirigido por Miguel Falabella, a peça está programada para estrear em SP durante o mês de agosto. Seleção que começou, como não poderia deixar de ser, pelos artistas maranhenses.

Conforme anunciado pelo governador do Rio de Janeiro,  Cláudio Castro, a maior comenda do mérito cultural do Estado, nomeada de "Medalha Alcione", será entregue à personalidades da cultura no dia 21 de Novembro, data do aniversário da artista.

Por onde andou 

ALCIONE já se apresentou pelos cinco continentes, em mais de 36 países, nos principais festivais e casas de espetáculos internacionais. Portugal, Espanha, Suíça, Alemanha, Israel, Japão, Angola, França, Moçambique, Inglaterra, Itália, Argentina, Chile, Uruguai, e até mesmo na antiga União Soviética.

Discografia

Alcione gravou compactos (o primeiro em 1972), LPS, DVDS e 42 Álbuns, que lhe concederam 26 Discos de Ouro, sete de Platina, sendo dois deles de Platina Duplo, três DVDS de Ouro e uma de Platina. Em sua galeria de troféus, com mais de 350 peças (prêmios e honrarias que vão desde os títulos de Cidadã Benemérita, além de comendas, tais como, a “Ordem do Rio Branco” e a do “Mérito Timbiras” (esta última concedida em sua terra Natal, o Maranhão. Também recebeu medalhas relevantes como a “Tiradentes” e “Pedro Ernesto” (concedidas pela ALERJ).

Premiações referentes à música, ela conquistou  21 troféus nas 29 edições do “Prêmio da Música Brasileira”. Outros títulos conquistados foram os de “Madrinha do Corpo de Bombeiros do RJ” e de “Melhor Cantora Popular” concedido pela Academia Brasileira de Letras.

A Marrom também é detentora de inúmeras premiações internacionais, como o “Grammy Latino” na categoria “Melhor álbum de samba”, “O Pensador de Marfim” (concedido pelo Governo de Angola), “Diplome de Médaille D´or” (da Societé Acadêmique de Arts, Sciences et Lettres de Paris), “Extraordinary Contribuition to Brazilian Culture and Positive Image” (concedida no 9th Annual Brazilian International Press Award. Flórida), “Personalidade Negra das Artes” (Conselho Internacional de Mulheres) e “A Voz da América” (ONU).

Conectada com as novas ferramentas tecnológcas, ALCIONE tem milhares de seguidores em suas redes: 1.360.000 no Instagram, 834.00 no Facebook, e 195.000 no twitter.

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.