Julgamento

Vai a júri acusado de matar mãe e filha no calhau em 2020

Jefferson Santos acusado pelo crime de homicídio qualificado por meio cruel (tortura e asfixia), mediante recompensa e emboscada

Rádio Mirante AM

Mãe e filha foram assassinadas dentro da própria residência.
Mãe e filha foram assassinadas dentro da própria residência. ( Foto: Reprodução / TV Mirante)

SÃO LUÍS - Teve início nesta quinta-feira (18) no 3º Tribunal do Júri de São Luís, no Fórum Desembargador Sarney Costa,  o julgamento de Jefferson Santos Serpa, acusado pelo duplo homicídio de Graça Maria de Oliveira e de Talita de Oliveira Frizeiro, respectivamente mãe e filha. Crimes registrados em 6 de junho de 2020, na residência onde as vítimas moravam, no bairro do Calhau, na capital maranhense. 

Jefferson Serpa foi acusado pelo Ministério Público Estadual pelo crime de homicídio qualificado por meio cruel (tortura e asfixia), mediante recompensa e emboscada, a mando de Geraldo Abade de Souza, ex-marido da vítima Graça Oliveira. 

Ouça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.