Ponto Final

Dr. Hugo Caminha alerta para o cuidado com os olhos e o perigo do Glaucoma

Maio Verde é o mês de combate e prevenção do Glaucoma

Rádio Mirante AM

Dr. Hugo Caminha em entrevista ao Ponto Final, na Mirante AM
Dr. Hugo Caminha em entrevista ao Ponto Final, na Mirante AM (Marcelo Rodrigues)

SÃO LUÍS - Em entrevista ao Ponto Final desta quinta-feira (05), o Médico Oftalmologista, Dr. Hugo Caminha, falou sobre a importância do cuidado com os olhos e alertou para os perigos de doenças como a catarata e o glaucoma.

Maio é considerado o mês de combate e prevenção do Glaucoma. Sobre a doença, Hugo Caminha alerta para os sintomas que costumam ser percebidos somente quando o problema está em estágio avançado e reforça a necessidade de consultar um oftalmologista.

“O Glaucoma é caracterizado pelo aumento da pressão ocular que tem várias causas a principal dela é de cunho genético, que a gente não sabe porquê, mas a pessoa começa a não conseguir manter a pressão satisfatória dentro do olho e isso causa uma lesão no nervo ótico. A princípio não atrapalha a visão e esse é o grande problema, porque ela não dá nenhum sinal de alerta. É uma doença super silenciosa, quando ele vai sentir já é uma perda irreversível da visão”, disse Hugo Caminha.

Além da idade, hábitos e outras doenças podem contribuir para o desenvolvimento do Glaucoma, como tabagismo e diabetes. Manter uma rotina de glicemia controlada e evitar fumo, diminui um pouco a chance de você desenvolver Glaucoma.

Hugo Caminha destaca que o Glaucoma é uma doença que não tem cura e que a cirurgia é feita para estabilizar a pressão ocular e evitar danos maiores à visão.

 “A cirurgia quando a gente faz é para tentar estabilizar, para tentar não ter uma perda ainda maior do que já foi perdido, mas ela não tem cura. Infecções e lesão também podem causar o glaucoma”, disse Hugo Caminha.

Ouça. 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.