Prepare o bolso 💰

Tarifas de energia elétrica no Maranhão terão aumento a partir do dia 28 de agosto

O aumento foi aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), nesta terça (24), para os consumidores residenciais - B1, baixa tensão em média e alta tensão.
Imirante.com, com informações da Aneel24/08/2021 às 14h48
Tarifas de energia elétrica no Maranhão terão aumento a partir do dia 28 de agostoO reajuste será aplicado em cerca de 2,5 milhões de unidades consumidoras, localizadas em 217 municípios maranhenses, que são atendidos pela Equatorial Maranhão. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - As tarifas de energia elétrica no Maranhão irão ficar mais caras a partir do próximo sábado (28). O aumento foi aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), nesta terça (24), para os consumidores residenciais – B1, baixa tensão em média e alta tensão. O efeito médio para o consumidor será de 2,79%.

Veja a porcentagem de reajuste para cada classe de consumidor:

- Consumidores residenciais – B1 – 1,69%

- Baixa tensão em média – 2,23%

- Alta tensão em média – 5,99%

O reajuste será aplicado em cerca de 2,5 milhões de unidades consumidoras, localizadas em 217 municípios maranhenses, que são atendidos pela Equatorial Maranhão.

De acordo com a Aneel, o custos com encargos setoriais e aquisição de energia foram os fatores que mais impactaram para o aumento das tarifas.

Ainda segundo a Aneelo reajuste de tarifas para a Equatorial Maranhão Distribuidora de Energia S/A, trata-se do resultado da Revisão Tarifária Periódica da empresa – processo que foi tema da Consulta Pública nº. 029/2021 e contou com uma sessão virtual, em 18 de junho, para discutir o assunto com a sociedade interessada.

A diretora-relatora do processo, Elisa Bastos Silva, pontua que “foram utilizadas medidas de redução do efeito tarifário, com destaque para a Conta-covid, a reversão das receitas associadas às Resoluções 414 e 885, bem como a própria antecipação dos créditos de PIS/Cofins.”

Os limites dos indicadores de continuidade de Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora – DEC e de Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora – FEC da distribuidora para o período de 2022 a 2026 também foram revisados no processo.

Mais informações sobre processos tarifários podem ser encontradas no link entendendo a tarifa, e no aplicativo ANEEL Consumidor – disponível para dispositivos móveis Android ou IOS.

Bandeira tarifária

Além do reajuste anual, o consumidor maranhense também deve preparar o bolso para arcar com as bandeiras tarifárias, aplicadas mensalmente nas contas de energia pela Aneel. Neste mês de agosto, a bandeira está no patamar vermelho, com custo de R$9,492 para cada 100kWh consumidos.

Segundo a Aneel, em julho, as afluências nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN) continuaram entre as mais críticas do histórico. Agosto iniciou-se com igual perspectiva hidrológica, com os principais reservatórios do SIN em níveis consideravelmente baixos para essa época do ano.

Essa conjuntura sinalizou que haveria uma reduzida capacidade de produção hidrelétrica e necessidade de acionamento máximo dos recursos termelétricos, pressionando os custos relacionados ao risco hidrológico (GSF) e o preço da energia no mercado de curto de prazo (PLD).

A bandeira tarifária que irá ser aplicada em setembro de 2021 será divulgada no próximo dia 27 de agosto.

A Aneel destaca que os consumidores precisam fazer o consciente e combater o desperdício de energia.

Veja dicas de economia de energia:

Chuveiro elétrico

· Tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos

· Selecionar a temperatura morna no verão

· Verificar as potências no seu chuveiro e calcular o seu consumo


Ar condicionado

· Não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado

· Manter os filtros limpos

· Diminuir ao máximo o tempo de utilização do aparelho de ar condicionado

· Colocar cortinas nas janelas que recebem sol direto


Geladeira

· Só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário

· Regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções

· Nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira

· Deixar espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não utilizá-la para secar panos

· Não forrar as prateleiras

· Descongelar a geladeira e verificar as borrachas de vedação regularmente


Iluminação

· Utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo; pintar o ambiente com cores claras


Ferro de passar

· Juntar roupas para passar de uma só vez

· Separar as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura

· Nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra coisa


Aparelhos em stand-by

· Retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.