Saidinha de Páscoa

Após "saidinha", Rony Boy não volta ao Complexo de Pedrinhas e está foragido em São Luís

Rones Lopes da Silva responde por participação em organizações criminosas e já foi acusado de assassinato e canibalismo.
Imirante.com07/04/2021 às 22h30
Após "saidinha", Rony Boy não volta ao Complexo de Pedrinhas e está foragido em São LuísRony Boy não retornou à prisão após ser beneficiado com "saidinha". ( Foto: Reprodução)

SÃO LUÍS - Após ser beneficiado pela 1ª Vara de Execuções Penais de São Luís com a "saidinha" de Páscoa, o detento Rones Lopes da Silva, conhecido como Rony Boy, não retornou ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas e agora é considerado foragido da Justiça.

Além de Rony Boy, outros 30 detentos não voltaram aos estabelecimentos prisionais da Grande São Luís até às 18h da última terça-feira (6), que era o prazo máximo estipulado pela Justiça. Ao todo, 620 detentos foram beneficiados com a "saidinha" após decisão judicial.

Rony Boy estava preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas e responde por participação em organizações criminosas, além de crimes previstos nos artigos 250 e 262 do Código Penal Brasileiro, que são:

  • Artigo 250 - Causar incêndio, expondo a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outrem.
  • Artigo 262 - Expor a perigo outro meio de transporte público, impedir-lhe ou dificultar-lhe o funcionamento.
Antes, Rony Boy foi acusado pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA) de ser o mandante do assassinato e canibalismo do detento Edson Carlos Mesquita da Silva, em dezembro de 2013, em uma das celas do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, conforme apontado na certidão de óbito e nos laudos de exame cadavérico. Os restos mortais da vítima só foram identificados devido a uma tatuagem que tinha nas costas.

Em Júri Popular realizado em 2019, mesmo diante das provas, Rony Boy negou participação no crime. Os jurados reconheceram a existência de elementos físicos que comprovavam o crime, mas ainda assim decidiram absolver Rony e outros acusados.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.