Ampliação

Novo hospital de campanha começa a receber pacientes em Imperatriz

Oito pacientes foram transferidos da UPA Bernardo Sayão, para internação hospitalar.
Imirante.com09/03/2021 às 21h28
Novo hospital de campanha começa a receber pacientes em ImperatrizImperatriz voltou a registrar a maior alta em casos ativos nos últimos dias. (Foto: divulgação)

IMPERATRIZ - O novo Hospital de Campanha de Imperatriz mantido pelo Governo do Estado foi criado para ampliar a oferta de leitos exclusivos para a covid-19, diante do crescimento do número de casos na cidade, com uma demanda expressiva de internação hospitalar. Ao todo, são 60 novos leitos, 50 clínicos e 10 de UTI, que foram entregues em solenidade na manhã desta terça-feira (09).

A unidade também vai contar com atendimento ambulatorial para pacientes com sintomas leves. A montagem da estrutura contou com o apoio da iniciativa privada por meio de uma indústria de papel e celulose que doou ao governo R$ 2,8 milhões para a estrutura e fez ainda a doação de insumos como máscaras, álcool em gel, além de oxigênio.

Oito pacientes foram transferidos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Bernardo Sayão para internação no hospital, no fim da tarde de hoje (09). São as primeiras demandas, mas antes mesmo da inauguração já havia uma fila de espera de cerca de 30 pacientes à espera de leitos para o tratamento da covid-19. O Hospital de Campanha dará suporte aos municípios da região. Foram contratados 289 funcionários.

Imperatriz voltou a registrar a maior alta em casos ativos nos últimos dias, mesmo com os pacientes que acabam se recuperando da doença. São 363 pessoas monitoradas com potencial de transmissão do coronavírus e 506 mortes provocadas pela doença.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.