Dados do Monitor da Violência

Maranhão tem alta de 33% em casos de estupro de vulnerável no 1º semestre de 2020

Segundo pesquisa do G1, baseada em dados oficiais da Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA), esta é a segunda maior alta entre os 27 estados e o Distrito Federal.
Imirante.com, com informações do G1 MA16/09/2020 às 09h56
Maranhão tem alta de 33% em casos de estupro de vulnerável no 1º semestre de 2020Maranhão tem aumento dos casos de estupro de vulnerável durante os primeiros seis meses de 2020. (Foto: Reprodução)

MARANHÃO - Segundo dados divulgados nesta quarta-feira (16), o Maranhão teve uma alta de 33% no número de casos de estupro de vulnerável no primeiro semestre de 2020, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Segundo as informações do Monitor da Violência, ferramenta criada pelo G1, baseada em dados oficiais da Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA), esta é a segunda maior alta entre os 27 estados e o Distrito Federal.

O Maranhão só fica atrás do Rio Grande do Norte, que registrou um aumento de 62%. Apenas os estados do Acre e do Rio de Janeiro não divulgaram dados.

Nos primeiros seis meses do ano, parte durante a pandemia de Covid-19, o Maranhão registrou 271 casos de estupro de vulnerável, contra 204 ocorrências notificadas no mesmo período de 2019.

Em relação a casos de estupro, o Maranhão obteve uma queda de -22% nos primeiro semestre deste ano. Em 2019, o Maranhão teve 570 casos, e já em 2019, o número caiu para 500.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.