Coronavírus

Maranhão registra 3.085 mortes e mais de 123 mil casos confirmados do novo coronavírus

Dados sobre a pandemia no estado foram atualizados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).
Gustavo Arruda / Imirante.com04/08/2020 às 21h36
Maranhão ultrapassou os 123 mil casos confirmados de coronavírus. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - A Secretaria de Estado da Saúde (SES) anunciou, em boletim divulgado na noite desta terça-feira (4), que o Maranhão tem 3.085 mortes e 123.887 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). De acordo com a SES, foram contabilizados 16 óbitos e 1.405 pessoas infectadas pelo coronavírus nas últimas 24 horas no estado, sendo 118 na Grande Ilha de São Luís, 40 em Imperatriz e 1.247 nos demais municípios. A taxa de letalidade da Covid-19 no Maranhão registrou uma pequena queda e está em 2,49%.

Leia também:

Mais de 112 mil pessoas estão curadas da Covid-19 no Maranhão, informa SES

Confira as cidades do Maranhão com maior número de infectados pelo coronavírus

Segundo a SES, duas das últimas mortes pelo novo coronavírus no Maranhão aconteceram nas últimas 24 horas. Os outros 14 óbitos contabilizados ocorreram em dias/semanas anteriores, e aguardavam resultado de exame laboratorial. As últimas mortes de pacientes infectados pelo coronavírus foram registradas nos municípios de Timon (4), Bom Jardim (3), Arame (2), São Luís (1), Paço do Lumiar (1), Miranda do Norte (1), Lago dos Rodrigues (1), Jatobá (1), Imperatriz (1) e Anajatuba (1).

Evolução dos casos confirmados de coronavírus no Maranhão. (Foto: Divulgação / SES)

O relatório da SES afirma que todos os 217 municípios do Maranhão já registraram casos confirmados de Covid-19. São Luís (16.584), Imperatriz (4.726), Santa Inês (4.005), Bacabal (3.057) e Caxias (3.018) são as cinco cidades maranhenses com o maior número de pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Número de casos confirmados de Covid-19 no Maranhão por faixa etária. (Foto: Divulgação / SES)

A SES revela ainda que 112.059 pessoas já se recuperaram da Covid-19 no Maranhão, com 1.351 pacientes infectados pelo novo coronavírus recebendo alta nas últimas 24 horas. Essas pessoas tiveram a recuperação confirmada e foram liberadas de acordo com a orientação do Ministério da Saúde, já que passaram 14 dias em isolamento, a contar da data de início dos sintomas, e continuam assintomáticas.

Saiba mais: Plataforma web quer mapear pandemia da Covid-19 no Brasil

O boletim da SES também atualizou o quadro dos pacientes infectados pelo novo coronavírus no Maranhão. Entre os 123.887 casos confirmados, são 3.085 mortes, 207 internações em UTI (180 na rede pública e 27 na rede privada), 321 internações em enfermaria, 8.215 pacientes em isolamento domiciliar e 112.059 pessoas recuperadas. Os pacientes com teste positivo para a Covid-19 estão sendo monitorados por equipes do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS).

Quadro dos pacientes infectados pelo novo coronavírus no Maranhão. (Foto: Divulgação / SES)

Desde o início do monitoramento no Maranhão, a SES já analisou 274.470 casos de possível infecção pelo novo coronavírus e fez 272.997 testes para diagnóstico. São 123.887 casos confirmados, com 3.085 óbitos, 112.059 recuperações e 8.743 casos ativos, além de 4.153 casos suspeitos e 146.430 casos descartados. A metodologia do Ministério da Saúde contabiliza mortes e pacientes curados entre os casos confirmados da Covid-19.

As pessoas que apresentarem sintomas do novo coronavírus em São Luís podem procurar o Centro de Testagem da Policlínica Diamante e as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do Vinhais, Itaqui-Bacanga, Cidade Operária e Araçagy. Os profissionais da área da saúde e da segurança pública estão sendo atendidos exclusivamente no Viva da Beira-Mar. Para a população no interior maranhense, os hospitais regionais continuam realizando a coleta para os exames.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.