Refinaria Premium

Audiência pública para ouvir Petrobras sobre Refinaria Premium é cancelada

O cancelamento se deu após recurso da Petrobras.
Imirante.com, com informações da Assessoria18/03/2015 às 17h26

SÃO LUÍS - A audiência pública para ouvir a Petrobras sobre a paralisação das obras da Refinaria Premim I, em Bacabeira (MA) marcada para esta quarta-feira (18), às 9h, no auditório do Fórum Desembargador Sarney Costa, no Calhau, foi cancelada.

O cancelamento se deu em virtude de decisão do juiz Luiz Gonzaga Almeida Filho, na condição de desembargador substituto, após recurso da Petrobras no qual a empresa argumenta que o caso é de interesse da União.

Desistência dos projetos das refinarias

A Petrobras atribuiu a desistência dos projetos das refinarias à falta de parceiros e à revisão das expectativas de crescimento do mercado de combustíveis. A decisão de descontinuar os projetos, segundo a estatal, foi tomada no dia 22 de janeiro.

Em sua primeira fase, a Premium I, segundo a empresa, seria capaz de produzir de 300 mil barris/dia. Após a conclusão das obras, seriam 600 mil barris/dia. Ela produziria óleo diesel, querosene de aviação (QAV), nafta petroquímica, GLP (gás de cozinha), bunker (combustível para navios) e coque.

De acordo com a empresa, as duas refinarias, que não saíram do papel, criaram uma baixa contábil de R$ 2,707 bilhões: R$ 2,111 bilhões da Premium I e R$ 596 milhões, da Premium II.

Ainda segundo a Petrobras, a empresa adotará todas as providências necessárias para reestruturar os compromissos assumidos para os projetos das refinarias Premium I e II junto aos governos estaduais e municipais, agências reguladoras e outros órgãos envolvidos.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.