Em João Lisboa

Ex-cunhada é suspeita de mandar matar fazendeiro

Outras três pessoas também forma presas por envolvimento no crime.
Imirante.com / Imperatriz30/04/2020 às 11h21
A suspeita, identificada apenas pelo nome de Amanda, foi presa na cidade de Parauapebas (PA). (Foto: divulgação)

IMPERATRIZ – As investigações para elucidar o assassinato do fazendeiro Jeferson da Silva Chavões, 26 anos, no último dia 8 de abril em uma estrada vicinal no município de João Lisboa, estão adiantadas. Quatro pessoas foram presas, suspeitas de participação no homicídio, sendo que uma delas é uma ex-cunhada da vítima.

Saiba mais:

Fazendeiro é morto a tiros durante emboscada em João Lisboa

A suspeita, identificada apenas pelo nome de Amanda, foi presa na cidade de Parauapebas (PA), e deve ser recambiada para Imperatriz, onde concentram as investigações. Além de Amanda, a polícia também prendeu mais três homens, na cidade de João Lisboa, sendo dois deles suspeitos de serem os executores do crime.

Todos foram presos em cumprimento a mandados de prisão preventiva, expedidos pela Justiça. Agora, a polícia trabalha para saber as motivações do assassinato, e descarta latrocínio, roubo seguido de morte.

Relembre o caso

Jeferson da Silva Chavões foi assassinado na noite do dia 8 de abril, por dois homens que transitavam em uma moto, na estrada vicinal que dá acesso ao Povoado Centro do Carlos, no município de João Lisboa.

Segundo a Polícia Militar, Jeferson, seguia com a esposa no sentido João Lisboa em uma caminhonete Hilux de cor prata, quando foi abordado pelos assassinos que pediram ajuda para consertar a moto em que estavam. Segundo eles, a mesma apresentava problemas.

Jeferson da Silva Chavões. (Foto: divulgação)

Sem desconfiar que era uma emboscada, o fazendeiro atendeu ao pedido e parou a caminhonete. De imediato já levou os tiros que lhe atingiram na cabeça. Jeferson morreu no local.

Os assassinos fugiram na caminhonete, abandonando o veículo juntamente com o corpo do fazendeiro, mais ou menos uns três quilômetros adiante, às margens da MA-122.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.