Em Itapecuru-Mirim

Mulher é presa transportando 12 quilos de maconha

Imirante.com, com informações da Polícia Civil07/06/2021 às 15h58
Segundo a polícia, a droga é oriunda de São Luís e tinha como destino o município de Santa Inês. (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

ITAPECURU-MIRIM - Durante uma ação realizada na manhã desta segunda-feira (7), a Polícia Civil do Maranhão prendeu em flagrante de uma mulher que estava transportando cerca de 12 quilos de maconha prensada. Segundo a polícia, a droga é oriunda de São Luís e tinha como destino o município de Santa Inês.

Segundo a polícia, a Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) recebeu denúncias via aplicativo relatando que uma mulher estaria realizando transporte de grande quantidade de droga no município de Itapecuru-Mirim. Uma equipe da Polícia Civil se deslocou até a cidade onde montou uma barreira policial no Povoado Entroncamento, quando passaram a realizar abordagens a transportes coletivos de passageiros.

Ao abordar uma van que fazia a linha São Luís para Santa Inês, foi realizada busca nas bagagens dos passageiros, momento em que foi encontrada grande quantidade de entorpecente na bolsa trazida pela suspeita. A mulher confirmou que estava realizando o transporte da droga do município de São Luís para Itapecuru-Mirim e receberia o valor de R$1 mil pelo transporte.

A suspeita foi encaminhada à sede da SENARC, onde foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e,em seguida, foi encaminhada ao Complexo Penitenciário, onde ficará à disposição da Justiça. As investigações terão continuidade para apurar todas as circunstâncias do crime.

Mulher com 7 quilos de maconha

Na última quarta-feira (2), a Polícia Civil do Maranhão conseguiu prender em flagrante uma mulher que estava transportando cerca de 7 quilos de maconha no município de Itapecuru-Mirim. Segundo a Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), o entorpecente tinha como destino a cidade de Santa Inês.

A prisão ocorreu após os policiais civis começarem a fazer abordagens a transportes coletivos de passageiros utilizando um cão farejador. Na ocasião, numa van que fazia a linha São Luís /Santa Inês, o animal farejador indicou algo ilícito nas bagagens de uma passageira e, ao realizar a inspeção, foi encontrada grande quantidade de entorpecente.

Foto: Divulgação / Polícia Civil

A mulher confirmou que estava realizando o transporte da droga entre os dois municípios e que receberia determinado valor pelo transporte. A suspeita foi encaminhada à sede da SENARC, onde foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e, em seguida, foi recambiada ao Complexo Penitenciário, onde ficará à disposição da Justiça. As investigações terão continuidade para apurar todas as circunstâncias do crime.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.