Em Itapecuru-Mirim

Presos suspeitos de participarem de assalto a gerente de farmácia

A vítima foi assaltada por duas pessoas em uma moto, quando ia entrar no banco para depositar uma quantia em dinheiro.
Imirante.com29/03/2018 às 17h06
Dos quatro detidos, a polícia divulgou a foto de apenas três. / Foto: Divulgação.

ITAPECURU-MIRIM - A Polícia Civil do Maranhão e a Polícia Militar prenderam quatro pessoas nessa quarta-feira (28), na cidade de Itapecuru-Mirim, pelos crimes de associação criminosa e coautoria em crime de roubo.

Os detidos foram identificados como: Tiago Fernando Abreu Correa, Ferdinaldo Lima Lisboa, Zulmira Ferreira Neta e José Carlos Gomes da Conceição.

Segundo a polícia, o grupo é suspeito de integrar uma associação criminosa e participar do assalto a um gerente de uma farmácia em Itapecuru-Mirim, o qual foi alvo de dois criminosos no momento em que ia entrar no Banco do Brasil para depositar uma quantia em dinheiro.

Após o crime, a polícia foi acionada e passou a investigar o caso. Uma testemunha viu toda ação dos assaltantes e identificou os irmãos “Luan” e “Ricardo Vaqueiro” como autores do crime. Sendo que eles conseguiram fugir em direção ao povoado Mata, após se desfazerem da moto Biz vermelha utilizada no roubo e tomarem uma outra motocicleta de assalto. Ainda de acordo com as investigações, para conseguirem fugir, eles tiveram apoio de José Carlos, o qual já possui um mandado de prisão preventiva pelo Estado de Goiás.

A polícia conseguiu imagens dos irmãos “Luan” e “Ricardo Vaqueiro” logo após o crime. / Foto: Divulgação.

Durante as investigações, a polícia descobriu também o envolvimento de Tiago Fernando, após verificar o celular do mesmo, onde foram encontradas mensagens trocadas com Zulmira Ferreira, sobre como seria praticado o crime.

Tiago é apontado como o responsável por contratar duas pessoas para assaltar o gerente da farmácia. Sendo que as informações sobre a vítima teriam sido repassadas a ele por Zulmira.

O outro envolvido no crime seria Ferdinaldo Lima, o qual estava dentro do Banco do Brasil assistindo ao assalto e foi o primeiro a sair do local, conforme mostram as imagens das câmeras de segurança. Além disso, testemunhas afirmam que Ferdinaldo e Zulmira foram várias vezes na farmácia para colher informações acerca dos dias em que o dinheiro seria depositado.

Ainda de acordo com a polícia, essa associação criminosa tem ligação com dois assaltantes que roubaram uma lotérica em Itapecuru-Mirim. Sendo que Ferdinaldo e Zulmira chegaram a levar comida para os assaltantes, enquanto eles estavam foragidos da polícia.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.