Em Imperatriz

Secretaria suspeita de atestados falsos na imunização de gestantes em Imperatriz

Três atestados apresentavam características quase idênticas, e a equipe de imunização suspeitou da fraude; médico nega assinatura.
Tatyna Viana / Imirante.com07/05/2021 às 23h45
Secretaria suspeita de atestados falsos na imunização de gestantes em ImperatrizPrefeitura de Imperatriz alerta que atestado falso é crime. (Divulgação / Prefeitura de Imperatriz)

IMPERATRIZ - Durante a imunização de pessoas com comorbidades, grupo prioritário que começou a receber a primeira dose do imunizante contra a Covid-19 nesta sexta-feira (7), em Imperatriz, servidores que verificavam a documentação comprobatória para perceberam três atestados médicos praticamente iguais e suspeitaram de fraude. O alerta foi divulgado nas redes sociais oficiais da Prefeitura de Imperatriz.

“Alertamos que declarações e atestados falsos são crimes, independente da finalidade. Hoje durante vacinação das comorbidades já foram detectados três atestados. As devidas providências já foram tomadas para que os responsáveis sejam punidos”, diz a postagem.

A prefeitura informou que uma das pacientes foi questionada e a equipe pediu que ela apresentasse outra documentação que comprovasse a doença, mas a paciente informou que não tinha o documento. A Secretaria Municipal de Saúde entrou em contato com o médico, que tinha o nome no carimbo dos supostos documentos falsos, e ele disse que não havia carimbado e nem assinado nenhum dos atestados.

O médico citado registrou um Boletim de Ocorrência e, de acordo com a prefeitura, as demais providências já estão sendo tomadas para que os responsáveis sejam punidos.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.