Saúde

Tempo seco e baixa umidade do ar causam danos à saúde

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a umidade do ar ideal compreende a faixa entre 50 e 80%.
Imirante Imperatriz10/10/2019 às 13h22
Tempo seco e baixa umidade do ar causam danos à saúdeFoto: Divulgação

IMPERATRIZ - A baixa umidade do ar é um dos fatores climáticos que mais desencadeiam complicações respiratórias, além de agravar doenças já existentes. Muito comum nessa época do ano em Imperatriz, que o número de pessoas que apresentam cansaço, fadiga, complicações alérgicas, irritação nos olhos, entre outros, aumente.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a umidade do ar ideal compreende a faixa entre 50 e 80%. Entretanto, nessa época do ano, ela tende a cair 30% o que acarreta em vários problemas a saúde, principalmente para crianças e idosos.

Para o médico, Rodrigo Teles, do Hospital Municipal de Imperatriz, HMI, a população tem que ficar ciente a esse fator tempo seco. “Existem diversos dispositivos para combater esse tempo seco, onde a umidade relativa do ar cai bastante. O principal foco da população deve ser na hidratação, especialmente entre crianças e idosos, que devem ter um cuidado maior".

O médico ressalta que a hidratação oral, por meio de sucos naturais e água ajuda muito, e que nesse período é aconselhável evitar refrigerantes. “Além de buscar hidratação através de alimentos saudáveis, a hidratação da pele também é muito importante, hoje já existem protetores solares com fator de proteção muito bom e os hidratantes no geral, então o cuidado é esse, hidratar-se, até porque acompanhado da desidratação aparecem infecções respiratórias, danos à pele, então a população deve ter consciência do quão importante é manter-se hidratado”, afirma.

Dicas:

Ingerir bastante líquido
Lavar o nariz e olhos com soro fisiológico algumas vezes ao dia
Usar creme hidratante na pele
Trocar comidas com muito sal por alimentos mais saudáveis
Evitar exercícios físicos entre as 10 da manhã e 5 da tarde
Manter a casa higienizada, arejada e ensolarada;
Não provocar queimadas

Queimadas:

Além de prejuízo material, as queimadas causam danos também à saúde pública, relacionadas a doenças respiratórias, além dos graves impactos ambientais à fauna, flora e diminuição do habitat natural. Vale lembrar que queimadas urbanas ou rurais é crime, previsto em lei, e que denúncias de incêndios criminosos podem ser feitas ao Corpo de Bombeiros, a Secretaria do Meio Ambiente e ao Ibama.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.