Irregularidades

Polícia fecha laticínio que comercializava queijo impróprio para consumo em Imperatriz

Ratos e baratas foram encontrados no local que vendia o queijo para pizzarias e supermercados da cidade.
Imirante Imperatriz17/01/2019 às 19h54
Polícia fecha laticínio que comercializava queijo impróprio para consumo em ImperatrizQueijos que foram apreendidos no local. (Foto: Divulgação)

IMPERATRIZ - A Polícia Civil fechou no fim da tarde desta quinta-feira (17) uma fábrica de laticínios que comercializava queijo em condições impróprias para o consumo, no bairro Vila Nova, em Imperatriz, com o nome fantasia Bella Laticínios.

Segundo o delegado regional Eduardo Galvão, que comandou a operação, a denúncia foi feita ao Ministério Público e no local foram constatadas diversas irregularidades, desde a ausência de condições básicas higiênico-sanitárias, com o flagrante inclusive de ratos e baratas nas dependências do laticínio, ao reaproveitamento do queijo em visível estado de putrefação.

“O local já havia passado por uma fiscalização da Aged, nós voltamos lá e flagramos toda essa situação. O laticínio não apresentou o SIM, que é o Selo de Inspeção Municipal, e vendia para supermercados e pizzarias da cidade”, enfatizou o delegado.

A operação está em andamento e a quantidade de queijo apreendido ainda vai ser pesada.

“Agora nos chama a atenção esse laticínio estar funcionando nessas condições. Significa que não estão sendo feitas as fiscalizações da Secretaria de Agricultura. Nós conduzimos o proprietário, Marcelo de Carvalho, pra fazer o flagrante”, reforçou o delegado.

Veja as fotos tiradas no local onde o queijo era fabricado:

Galeria de fotos

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.