Animais

Centro de Zoonoses divulga balanço de apreensões de animais em vias públicas

Pedro Neiva foi local com maior quantidade de apreensões de animais.
Imirante Imperatriz com informações da assessoria12/11/2016 às 14h02

IMPERATRIZ – O Centro de Zoonoses divulgou neste sábado (12), um balanço das atividades desenvolvidas do ano passado até agora. No período foram capturados 480 animais de grande porte, durante fiscalização em praças, terrenos baldios e rodovias na área urbana da cidade.

O coordenador do Centro de Controle de Zoonoses, Paulo Henrique Soares e Silva, explicou que a maioria dos animais como cavalos, foi capturada como resultado da fiscalização nas vias. A Pedro Neiva de Santana foi o local mais visitado em razão da grande quantidade de animais que circulam nas imediações e já provocaram muitos acidentes de trânsito, e, onde, respectivamente houve mais houve capturas.

“A maioria desses animais apreendidos foram na Avenida Pedro Neiva de Santana”, assinala Paulo Henrique.

Outro local, onde, houve muitas apreensão de animais foi a Avenida Newton Bello, no grande Santa Rita. Todos os animais apreendidos, foram levados ao Centro de Zoonoses, situado no bairro Conjunto Vitória.

Paulo Henrique lembrou que para fazer a retirada do animal, o proprietário terá que pagar uma taxa no valor R$ 65,00; caso o dono não apareça na unidade do Centro de Zoonoses no período de sete dias, o animal pode ser doado e, caso esteja doente, o mesmo será sacrificado.

Operação Finados

Paulo Henrique garantiu que desde o último 2 de novembro o trabalho de fiscalização tem sido intenso nas vias da cidade para coibir a livre circulação de animais, e evitar acidentes de trânsito, principalmente na Avenida Pedro Neiva de Santana. “Temos duas equipes de capturas. Uma pelo dia, a outra à noite e em fins de semana”, finalizou.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.