Economia

Indústria prevê criação de mais de 2 mil empregos em Imperatriz

Os empregos serão criados após investimentos estimados em R$ 1,1 bilhão.
Imirante Imperatriz, com informações da Assessoria.13/11/2015 às 18h02

IMPERATRIZ – Cerca de 1,5 mil empregos na construção e, aproximadamente, 600 permanentes, essa é a previsão de uma indústria de papel e celulose para Imperatriz. Os empregos serão criados após investimentos estimados em R$ 1,1 bilhão para aumentar a capacidade de produção da celulose, a entrada de papel tissue (para fins sanitários) e em tratamento de efluentes.

O Conselho de Administração da Suzano Papel e Celulose já aprovou as propostas de investimento nacional de R$ 1,6 bilhão em projetos, dos R$ 1,1 será para a indústria de Imperatriz. A capacidade de produção da fábrica maranhense deve sair 3,46 para 3,8 milhões de toneladas na área da celulose, e mais 960 mil toneladas da matéria prima que estão integradas à fabricação de papel.

Foi aprovado, ainda, pelo Conselho de Administração a construção de linhas de produção para atendimento do segmento tissue, com capacidade de produção de 60 mil toneladas por ano e conclusão prevista para o primeiro trimestre de 2017, em Imperatriz. Para este projeto, o valor total do investimento está estimado em R$ 425 milhões nas fábricas de Imperatriz e Mucuri, na Bahia.

“A fábrica de papel irá adensar a cadeia produtiva da celulose e papel no Estado, abrindo a perspectiva para novos empreendimentos na área gerando novas possibilidades para o povo maranhense”, afirmou o secretário de Estado da Indústria e Comércio, Simplício Araújo.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.