Operação Magni I

Preso acusado de integrar grupo de extermínio em Icatu

José Maria Carneiro Silva estaria envolvido em uma série de assassinatos realizados na região de Icatu.
Imirante.com, com informações da SSP-MA12/04/2019 às 09h43
Preso acusado de integrar grupo de extermínio em IcatuJosé Maria Carneiro Silva, conhecido como “Japão”. (Foto: Divulgação)

ICATU - A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Primeira Delegacia Regional de Rosário, prendeu José Maria Carneiro Silva, conhecido como “Japão”, durante a Operação Magni I.

O mandado de prisão preventiva foi cumprido na manhã dessa quinta-feira (11), na cidade de Icatu. Segundo informações do delegado Mário Vicente, da Regional de Rosário, José Maria seria integrante de um grupo de extermínio ou milícia armada e estaria envolvido em uma série de assassinatos realizados na região de Icatu.

O delegado Mário Vicente informou, ainda, que “Japão” responderá pela prática dos crimes previstos nos arts. 121, parágrafo 2, I, III e IV e parágrafo 6 c/c art 29 e constituição de milícia privada, inserto no art. 288-A, todos do CPB.

José Maria Carneiro Silva foi encaminhado à Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), em São Luís, onde será interrogado e ficará à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.