Copa do Brasil

Tuntum é eliminado da Copa do Brasil após derrota para o Cruzeiro

Leão dos Cocais encerrou participação inédita e histórica no torneio com tropeço para a Raposa no Rafael Seabra lotado.

Gustavo Arruda / Imirante Esporte

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h04
Tuntum e Cruzeiro duelaram pela segunda fase da Copa do Brasil.
Tuntum e Cruzeiro duelaram pela segunda fase da Copa do Brasil. (Staff Images / Cruzeiro EC)

TUNTUM - Com o coração batendo forte por viver um sonho que parecia improvável até pouco tempo, o Tuntum disputou, na noite desta quarta-feira (16), o jogo mais importante de sua curta história diante do Cruzeiro, maior campeão da história da Copa do Brasil, pela segunda fase da competição nacional. Contando com lotação máxima no Estádio Rafael Seabra, o Leão dos Cocais tentou fazer frente ao tradicional adversário, mas a Raposa fez valer o favoritismo, não se intimidou com as condições adversas e garantiu classificação com uma vitória por 3 a 0 sobre a equipe tuntunense, que teve seu esforço reconhecido com aplausos da torcida ao fim de sua primeira participação na Copa do Brasil.

Mesmo jogando fora de casa, o Cruzeiro apertou a saída de bola do Tuntum desde o começo da partida e foi ao ataque em busca do primeiro gol, que não demorou a sair: logo aos 11 minutos, Fernando Canesin fez um lançamento perfeito para Vitor Roque, que subiu sozinho para marcar de cabeça. Empurrado pela torcida, o Tuntum tentou reagir, mas não aproveitou as oportunidades que surgiram no campo de ataque e viu a Raposa encaminhar a vitória no começo do segundo tempo, com um gol de pênalti de Edu aos cinco minutos. Já aos 19, Edu marcou mais uma vez e fechou o placar a favor do Cruzeiro, aproveitando rebote de Danilo em cobrança de falta de Pedro Castro.

Depois de sua histórica campanha na Copa do Brasil, o Tuntum agora tem pela frente o segundo turno do Campeonato Maranhense. Caso não consiga avançar à final do Estadual, o Leão dos Cocais também participará da Copa FMF no segundo semestre, disputando as últimas vagas do futebol maranhense na Série D e na Copa do Brasil de 2023. Já o Cruzeiro, com a vitória no Rafael Seabra, avança à terceira fase da Copa do Brasil, onde enfrentará um adversário definido por sorteio, e recebe R$ 1,9 milhão de premiação da CBF.

O próximo jogo do Tuntum será no dia 27 de março, às 15h30, diante do IAPE, no Estádio Nhozinho Santos, pela segunda rodada do returno do Campeonato Maranhense, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. O Cruzeiro, por sua vez, enfrenta o Patrocinense na tarde deste sábado (19), às 16h30, no Estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio.

O jogo

Apesar das dificuldades com o gramado do Rafael Seabra, o Cruzeiro avançou suas linhas e dificultou a troca de passes do Tuntum, que, empurrado pela torcida, teve a primeira grande chance da partida aos 10 minutos: após receber passe na entrada da área, Vinícius arriscou o chute cruzado e mandou a bola por cima do gol. O Cruzeiro deu uma resposta rápida e eficaz aos 11, com Vitor Roque, que recebeu lançamento preciso de Fernando Canesin e marcou de cabeça, sem chances para Danilo.

Mesmo com o gol do Cruzeiro, o Tuntum não se abateu e tentou o gol de empate. Vagalume, aos 14 minutos, foi lançado na grande área, mas parou na defesa de Rafael Cabral. O lance acordou o Cruzeiro, que voltou ao ataque e quase ampliou a vantagem aos 22, com Waguininho, que recebeu passe de Vitor Roque na grande área e chutou forte, para defesa firme de Danilo.

Com dificuldades para trocar passes por causa do gramado do Rafael Seabra e da marcação do Tuntum, o Cruzeiro passou a explorar as jogadas com o atacante Edu, que conseguiu duas boas finalizações aos 34 e 40 minutos: no primeiro chute, a bola saiu pela linha de fundo, enquanto a segunda tentativa foi defendida por Danilo.

Cruzeiro deslancha no segundo tempo e confirma classificação

Antes que o cenário da segunda etapa pudesse se desenhar no Rafael Seabra, o Cruzeiro conseguiu um pênalti a seu favor, após Vitor Roque fazer bela jogada individual e ser derrubado por Maicon na grande área. Edu, aos cinco minutos, cobrou a penalidade com muita categoria e tranquilidade, anotando o segundo gol da Raposa em Tuntum.

Mesmo em vantagem, o Cruzeiro só sossegou na partida após marcar o terceiro gol, aos 19 minutos: após Danilo rebater cobrança de falta de Pedro Castro, Edu mostrou oportunismo e balançou as redes para a Raposa mais uma vez. Satisfeito com o placar, o Cruzeiro recuou, enquanto o Tuntum se lançou todo ao ataque para diminuir o prejuízo: Andrezinho, aos 21, arriscou o chute pela linha de fundo, e Maicon, aos 27, teve sua tentativa de cabeça freada por boa defesa de Rafael Cabral.

Nos instantes finais de partida no Rafael Seabra, o Tuntum manteve a pressão sobre o Cruzeiro, que esperava o tempo passar para confirmar a vitória e a classificação. Jonas Piu-Piu, aos 33 minutos, recebeu passe na entrada da área, chutou forte, e Rafael Cabral teve que fazer grande defesa. O mesmo duelo se repetiu aos 38: Jonas Piu-Piu cobrou falta com categoria, mas Rafael Cabral defendeu a última grande tentativa de gol do Tuntum na partida.

FICHA TÉCNICA

TUNTUM: Danilo; João Victor (Negueba), Denílson, Maicon e Igor Sanchs (Marcelo Bispo); Abu (Patrick), Clóvis e Andinho; Andrezinho, Vagalume e Vinicius (Jonas Piu-Piu). Treinador: Danilo Brito

CRUZEIRO: Rafael Cabral; Rômulo (Geovane), Lucas Oliveira, Eduardo Brock e Rafael Santos; Willian Oliveira, Fernando Canesin (Adriano) e João Paulo (Pedro Castro); Waguininho, Vitor Roque (Bruno José) e Edu (Vitor Leque). Treinador: Paulo Pezzolano

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.