Série D

Juventude Samas empata em casa com o Tocantinópolis pela Série D

Peixe Poraquê continua fora da zona de classificação para a segunda fase da Quarta Divisão.

Gustavo Arruda / Imirante Esporte

- Atualizada em 12/05/2022 às 22h23
Juventude Samas e Tocantinópolis se enfrentaram no Estádio Pinheirão.
Juventude Samas e Tocantinópolis se enfrentaram no Estádio Pinheirão. (Maria Vitória Magalhães / Juventude Samas)

SÃO MATEUS DO MARANHÃO - O Juventude Samas lutou bastante, mas não conseguiu a sua primeira vitória em casa na fase de grupos do Campeonato Brasileiro Série D. Em partida válida pela quarta rodada da Quarta Divisão e disputada na tarde deste sábado (7), o Peixe Poraquê sofreu para passar pela forte marcação do Tocantinópolis e teve que se contentar com o empate por 0 a 0 no Estádio Pinheirão, em São Mateus do Maranhão.

Mesmo empurrado pela torcida no Pinheirão, o Juventude Samas não teve um bom desempenho no primeiro tempo e viu o Tocantinópolis perder uma grande oportunidade de gol aos 42 minutos: Raí cobrou pênalti a favor do TEC, após Bambelo ser derrubado por Cavi na grande área, mas Anderson Testa, atento, fez grande defesa e salvou o Peixe Poraquê. Na etapa final, o Juventude melhorou de produção, teve algumas chances de gol, porém, não conseguiu produzir o suficiente para buscar a vitória em seus domínios.

Com o empate em casa, o Juventude Samas chegou aos quatro pontos e permanece na sétima colocação do Grupo 2 da Série D, fora da zona de classificação para a segunda fase. Já o Tocantinópolis, com cinco pontos, subiu para a quarta posição da chave, mas deixará esse posto após o duelo entre 4 de Julho e Castanhal, que se enfrentam neste domingo (8), em Piripiri.

O Juventude Samas volta a campo pela Série D na tarde do próximo sábado (14), a partir das 15h30, diante do Pacajus (CE), no Estádio Pinheirão. A partida terá transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. O Tocantinópolis, por sua vez, deixa a Quarta Divisão de lado e se prepara para encarar o Athletico Paranaense na noite desta terça-feira (10), a partir das 21h30, na Arena da Baixada, em partida válida pela terceira fase da Copa do Brasil.

O jogo

Focado em conquistar a primeira vitória em casa na Série D, o Juventude Samas foi para cima do Tocantinópolis no começo de partida, porém, faltou caprichar na pontaria. Gotinha, aos cinco minutos, e Tiago, aos 14, tiveram boas oportunidades de gol e mandaram a bola pela linha de fundo, sem maiores sustos para o TEC.

Com o passar do tempo, o Juventude Samas encontrou dificuldades para passar pela marcação do Tocantinópolis e insistiu nos cruzamentos para a grande área, sem sucesso. Enquanto isso, o TEC melhorava de produção: Marcinho, aos 31 minutos, arriscou de longe, e obrigou Anderson Testa a espalmar a bola pela linha de fundo.

Na reta final do primeiro tempo, o Tocantinópolis teve sua melhor chance para abrir o placar no Pinheirão após Bambelo ser derrubado por Cavi na grande área e a arbitragem marcar a penalidade aos 42 minutos. Raí foi para a cobrança, porém, Anderson Testa fez uma grande defesa e salvou o Juventude Samas. Pouco depois, aos 45, Anderson voltou a trabalhar em cabeçada firme de Betão, após cruzamento de Raí.

Juventude melhora na segunda etapa, mas não balança as redes

Na volta do intervalo, o Juventude Samas tentou impor seu jogo diante do Tocantinópolis, mas faltou criatividade para superar a defesa da equipe tocantinense. Gotinha, aos 13 minutos, arriscou em cobrança de falta, e a bola saiu pela linha de fundo.

Com a defesa bem encaixada, o time do Juventude Samas voltou ao campo de ataque e quase abriu o placar aos 19 minutos: em jogada rápida, Gotinha invadiu a grande área, porém, se atrapalhou na hora de bater para o gol e saiu com bola e tudo.

Satisfeito com o empate no Pinheirão, o Tocantinópolis se segurou na defesa, enquanto o Juventude Samas fazia um último esforço em busca do gol da vitória. Tiago, aos 38, teve a chance derradeira do Peixe Poraquê, mas Diego Martins, atento, conseguiu afastar o perigo pelo TEC.

FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE SAMAS: Anderson Testa; Guilherme, Gustavo Costa, Moisés e Gustavo Rodrigues; Codó (Deylon), Cavi (Dudu) e Gotinha (Bedeu); Tiago, Clessione (Pimenta) e Júnior Saudade. Treinador: Zé Augusto

TOCANTINÓPOLIS: Diego Martins; Marcinho, Betão, Wanderson e Chico Bala; Bidely (Dedé), Rômulo Ferreira, Alan Maia (Bilau), Hiltinho (Elenílson) e Raí (Elifran); Bambelo (Jheimy). Treinador: Jairo Nascimento

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.