maranhão basquete

MB enfrenta Americana para se manter vivo na LBF

Equipe maranhense precisa vencer o time paulista neste domingo para chegar à decisão.
Imirante Esporte 22/03/2013 às 17h25

SÃO LUÍS - Quando pisar na quadra do ginásio Municipal Milton Fenley Azenha, na cidade de Americana (SP), neste domingo (24), às 10h, a equipe do Maranhão terá um único objetivo para seguir com chances de chegar à decisão da Liga de Basquete Feminino (LBF): vencer. Somente a vitória serve para que o time maranhense empate a série semifinal e force a realização de um terceiro confronto diante da equipe paulista. A segunda partida da série semifinal entre os dois times será transmitido ao vivo pelo canal SporTV e pela Rádio Esporte Web (www.radioesporteweb.com.br).

Para isso, o MB terá, primeiro, de superar o retrospecto de Americana atuando como mandante nesta edição da LBF. Em quatro jogos realizados diante de seu torcedor, o time paulista não perdeu nenhum. A única derrota de Americana na LBF aconteceu diante do Sport-PE, mas em Recife por apenas seis pontos de diferença.

Mas se vencer Americana fora de casa é complicado, pontuar contra o time paulista também não é algo tão simples assim. Dos quatro jogos em casa, em apenas um o time paulista sofreu mais de sessenta pontos. Em média, Americana marca 76,75 pontos por jogo quando é mandante e sofre apenas 61,5% de pontos.

Em compensação, o Maranhão Basquete deposita as esperanças de superar estes números com a ala Iziane, principal cestinha da LBF, com média de 20,44% de pontos por partida. Se Iziane estiver em um bom dia, o time maranhense poderá superar a média de pontos sofridos por parte de Americana.

Outro trunfo maranhense é a ala Patrícia Chuca. Com o melhor aproveitamento nos arremessos de três pontos (70%) e nos lances livres (92%) de toda a LBF, a experiente e decisiva camisa 47 do MB tem tudo para brilhar no domingo (24).

Quem também tem tudo para ajudar o Maranhão Basquete é a jovem ala/pivô Damiris. Jogadora mais eficiente da LBF, Damiris é a segunda maior pontuadora do time maranhense com 112 pontos e pode, nos momentos decisivos, ser o diferencial do MB, que ainda possui a pivô Kelly em grande momento.

A camisa 11 do MB caiu nas graças do torcedor maranhense devido à raça demonstrada em quadra. E, diante de Americana, raça não poderá faltar, principalmente dentro do garrafão, onde Kelly conhece como ninguém. Ela é a melhor reboteira da LBF com média de 10,11 rebotes por jogo.

De olho em Karla

Além de ter excelentes jogadoras que decidem ofensivamente, o Maranhão Basquete precisará redobrar as atenções para a ala Karla. Principal jogadora de Americana na temporada, a camisa 22 aparece bem nas estatísticas da LBF. Ela é a terceira principal cestinha (17,33 pontos por jogo) e a quinta melhor em aproveitamento de três pontos (46,27%).

E foi justamente Karla quem foi o diferencial do time paulista no jogo entre Americana e Maranhão Basquete na fase de classificação. Naquela ocasião, ela marcou 17 pontos, sendo que 15 foram decorrentes de arremessos de três.

Maranhão Basquete precisa vencer o Americana para chegar à decisão da LBF.(Foto:Biaman Prado/Divulgação/MB)

Comparativo

Até agora, Maranhão Basquete e Americana já realizaram nove partidas na LBF. O time paulista soma oito vitórias e uma derrota, enquanto que o MB contabiliza seis triunfos e três insucessos.

Em relação ao time maranhense, Americana leva vantagem em média de pontos por jogo (72,7 contra 68,7) e na média de aproveitamento dos arremessos de três pontos (22,7 contra 7). Em compensação, o MB é superior nos arremessos de dois: 48,4 contra 39,8.

No duelo entre os dois times em Americana, o time paulista venceu o da fase de classificação por 75 a 56. Já no primeiro jogo da semifinal, em São Luís, vitória paulista por 65 a 55.

Para ler mais notícias do Imirante Esporte, clique em imirante.com/esporte. Também siga o Imirante no Twitter e curta nossa página no Facebook

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.