Clássico

Moto Club tentará frear supremacia do rival Sampaio Corrêa no Superclássico

Papão não vencer o arquirrival desde abril de 2021 e foi superado em duas finais seguidas no Estadual.

Eduardo Lindoso / Imirante Esporte

- Atualizada em 24/01/2023 às 09h55
Sampaio Corrêa e Moto Club voltam a se enfrentar em um mais Superclássico
Sampaio Corrêa e Moto Club voltam a se enfrentar em um mais Superclássico (Arquivo)

SÃO LUÍS – Sampaio Corrêa e Moto Club voltam a fazer um Superclássico nesta quinta-feira (26) pelas semifinais do 1º turno do Campeonato Maranhense e para o lado do Papão uma derrota vai pesar muito mais. Sem vencer o Estadual desde 2018 – com duas derrotas em finais para o arquirrival nos três últimos anos –, o Rubro-Negro não ganha esse clássico desde abril de 2021 e um novo revés vai deixar o clube um pouco mais longe da chance de voltar a levantar o troféu estadual. 

Maiores vencedores do Campeonato Maranhense, o Sampaio Corrêa com 36 títulos e o Moto Club com 26, essas duas equipes se reencontra em um clássico de muita história, mas que não tem terminado feliz para o Rubro-Negro nos últimos anos. A Bolívia Querida busca um tetracampeonato seguido, o que não acontece desde os anos 1980, e o Papão tentar voltar a ser campeão, o que não acontece desde 2018. Recentemente, em 2020 e 2021, o Superclássico definiu a competição e o lado tricolor ficou com a taça. 

Se formos levar em consideração apenas os últimos confrontos apenas no Estadual, dos últimos oito duelos o Moto ganhou apenas dois. Foram duas vitórias rubro-negras, um empate e cinco vitórias tricolores. E o clima no CT Pereira dos Santos é de cautela. 

“Sabemos da importância do jogo, da grandeza desse clássico, é muito importante para os atletas e para toda a torcida do Moto Club. Vamos trabalhar forte esses dias e acertar alguns detalhes para, no dia do jogo, fazer uma grande partida e sair com a classificação”, afirmou o meio-campista Ronald, em entrevista à TV Mirante.

Porém, no quadro geral do Superclássico, segundo números do portal O Gol, o Moto Club tem vantagem: são 60 vitórias do Papão,47 do Tricolor e 40 empates, em 147 embates.

“A gente sabe que clássico não se joga, se ganha. Vamos nos preparar”, disse Pimentinha, atacante do Sampaio Corrêa. 

O Sampaio Corrêa enfrentará o Moto Club na noite desta quinta-feira (26), às 20h15, no Estádio Castelão, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. Quem vencer, encara o Maranhão Atlético na final do primeiro turno do Campeonato Maranhense, enquanto um empate leva a decisão da vaga para os pênaltis. 

Números do Superclássico 

147 jogos

60 vitórias do Moto Club

47 vitórias do Sampaio Corrêa

40 empates

173 gols marcados pelo Moto

179 gols marcados pelo Sampaio 



 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.