Copa do Nordeste

No Castelão, Sampaio Corrêa segura o Bahia e estreia com vitória na Copa do Nordeste

Bolívia Querida venceu os baianos, por 1 x 0, no estádio Castelão.

Eduardo Lindoso / Imirante Esporte

- Atualizada em 23/01/2023 às 12h51
Pimentinha mais uma vez foi um dos destaques do Sampaio Corrêa
Pimentinha mais uma vez foi um dos destaques do Sampaio Corrêa (Ronald Felipe / Sampaio Corrêa)

SÃO LUÍS – O Sampaio Corrêa estreou com vitória na Copa do Nordeste. A Bolívia Querida fez 1 x 0 no Bahia, na noite deste domingo (22), no estádio Castelão, em partida que marcou a rodada de abertura da competição regional. O gol da vitória foi marcado por Vinícius Alves, após uma falha bisonha do goleiro Marcos Felipe. O time visitante teve as melhores chances, mas a defesa do Sampaio soube suportar a pressão. Com essa vitória, o tricolor maranhense segue com 100% de aproveitamento na temporada e nenhum gol sofrido, somando o Estadual e a Copa do Nordeste. 

Posição na tabela e agenda 

Com essa vitória, o Sampaio Corrêa somou seus primeiro três pontos e neste momento se encontra na 4ª posição do Grupo A da Copa do Nordeste. Na 2º rodada do Nordestão, o time maranhense enfrenta o Ceará, no sábado (4), às 17h30, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. Antes dessa partida, o Sampaio enfrenta o Moto Club pelas semifinais do 1º turno do Estadual, na quinta-feira (26). 

Vacilo do goleiro e gol do Sampaio  

Os primeiros 10 minutos da partida no Castelão foram marcados pelo respeito das duas equipes, uma pela outra. Se não avançava suas linhas de marcação o Tricolor maranhense, os baianos não se mandavam para o ataque com tudo. Nenhum lance de perigo, até então. 

Aos 13 minutos foi o Bahia que chegou primeiro. O lateral-esquerdo Chávez recebeu uma boa bola de Raul Gustavo, entrou na área e mandou uma bomba, mas Luiz Daniel salvou o Sampaio. Aos 14, os baianos chegaram novamente: Biel limpou a marcação, soltou o chute, mas Luiz Daniel pegou novamente. 

Em melhor momento no jogo, o Bahia teve a chance de abrir o placar aos 19. Chávez entrou novamente na área, foi derrubado por Nádson e o árbitro Rodrigo Jose Pereira de Lima assinalou pênalti. Na cobrança, Lucas Mugni bateu e Luiz Daniel defendeu e, na sobra, Biel mandou por cima da trave. 

Aos 40, Everaldo recebeu de Kayky dentro da área, fez boa jogada, mas pecou na marcação. E quando tudo levava a crer que as equipes iam com o empate para os vestiários, aos 43, saiu o gol do Sampaio. O goleiro do Bahia, Marcos Felipe, recebeu a bola de Raul Gustavo, se atrapalhou e entregou nos pés de Vinícius Alves, que só empurrou para o gol: 1 x 0 Bolívia Querida. 

Sampaio “segura” o Bahia 

Logo aos dois minutos do segundo tempo o Bahia chegou mais uma vez com perigo. Kayke jogou bola perigosa na área, mas Luiz Daniel afastou na sobra Acevedo chutou para fora. Depois desse lance, com muitas trocas, as equipes passaram a ter mais dificuldades ofensivas e os lances de gols ficaram mais escassos. 

Aos 32 o Sampaio Corrêa perdeu uma ótima chance de ampliar o marcador. Depois de grande jogada de Pimentinha, Gabriel Silva perdeu um gol incrível, sem marcação, na marca do pênalti. O camisa 11 do Tricolor fez tudo certo, mas Gabriel desperdiçou. 

Aos 34 foi a vez de o Bahia perder um gol incrível. Biel escorou bem a bola, após cobrança de falta, mas Ricardo Goulard deixou a bola passar por baixo das suas pernas – o gol estava aberto. 

Aos 49 Vinícius Alves ainda acertou uma bola na trave para o Sampaio, mas a partida ficou no 1 x 0 mesmo. 

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA 1 X 0 BAHIA

Local: Estádio Castelão, em São Luís 
Árbitro: Rodrigo Jose Pereira de Lima (PE)
Auxiliares: Francisco Chaves Bezerra Junior (PE) e Ricardo Bezerra Chianca

SAMPAIO CORRÊA

Luiz Daniel, Matheus Ludke (Yann), Joécio, Allan Godói e Vitinho; Weslley Dias (Emerson Souza), Eloir (Sampaio Corrêa Futebol Clube
Maurício), Nasdson e Pimentinha; Matheus Martins (Gabriel Silva) e Vinícius Alves

Técnico: Felipe Conceição

BAHIA

Marcos Felipe, Douglas Borel, Kanu, Raul Gustavo e Jhoanner Chávez (Ryan); Rezende (Diego Rosa), Acevedo e Lucas Mugni (Vitor Jacaré); Kayke, Biel (Daniel) e Everaldo (Ricardo Goulart)

Técnico: Renato Paiva 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.