Campeonato Maranhense

Maranhão Atlético bate o IAPE e vai à final do 1º turno do Estadual

Bode vencer, por 3 x 1, de virada, e vai enfrentar o vencedor de Sampaio x Moto Club.

Eduardo Lindoso / Imirante Esporte

- Atualizada em 22/01/2023 às 19h20
Partida entre MAC e IAPE foi disputada no estádio Nhozinho Santos  ( Foto - Iury Oliveira / IAPE)
Partida entre MAC e IAPE foi disputada no estádio Nhozinho Santos  ( Foto - Iury Oliveira / IAPE)

SÃOLUÍS – O Maranhão Atlético bateu o IAPE, de virada, e garantiu vaga na final do 1º turno do Campeonato Maranhense 2023. O Bode fez 3 x 1 no Canário da Ilha, na tarde deste domingo (22), no estádio Nhozinho Santos, e vai enfrentar o vencedor do clássico entre Sampaio Corrêa e Moto Club. Pedro abriu o placar para o IAPE, mas, com um jogador a mais, o MAC virou o duelo com Alexandre, Rodriguinho e Gabriel Fontes. 

MAC melhor, mas IAPE faz 

O jogo foi bastante disputado nos 15 primeiro minutos da primeira etapa, mas o MAC tinha as melhores chances, principalmente com Danúbio e o recém-chegado Giliarde, que perderam duas boas chances de gol. Danúbio, inclusive, perdeu um gol totalmente livre, mas Wenderson defendeu. 

Porém, aos 30 minutos, depois de um certo domínio maqueano, o IAPE foi quem abriu o placar. O camisa 10 Vinícius Barata fez uma ótima jogada e serviu para Pedro Vitor marcar e abrir o placar no Nhozinho Santos. 

O Maranhão, mesmo atrás no placar seguiu desperdiçando boas oportunidades, principalmente com Danúbio, que não estava com o pé calibrado.  

Expulsão no Canário e virada do Bode 

Maranhão virou o jogo e ficou com a vaga ( Foto - Divulgação / Lucas Mendes )
Maranhão virou o jogo e ficou com a vaga ( Foto - Divulgação / Lucas Mendes )

Diferentemente do primeiro tempo, o Maranhão Atlético não começou a etapa final com domínio das ações do confronto. Os minutos iniciais dessa etapa foram de poucas ações dos setores ofensivos. Muitos erros de passe.

Depois da expulsão de Xaxado, o MAC teve uma boa chance de falta, com Jorge, mas Wenderson salvou mais uma para o IAPE. 

Com um a mais em campo, e com algumas mudanças, o Bode passou a ficar mais tempo no ataque, pressionando o IAPE.  Quando parecia que o MAC não iria conseguir marcar, Alexandre tirou um “coelho da cortola” e acertou um chutaço de fora da área para deixar tudo igual no Nhozinho Santos, aos 33 do segundo tempo. 

Depois do gol, o Maranhão passou a pressionar o IAPE, que recuou bastante. E essa pressão surtiu efeito. Aos 42 minutos, Rodriguinho bateu falta e virou o placar: 2 x 1 para o Bode. Wenderson não conseguiu salvar dessa vez. 

Antes do apito final, depois de uma bola na trave, Gabriel Fontes ainda fez mais um para sacramentar a classificação do Maranhão: 3 x 1 no Nhozinho Santos e vaga confirmada na final do Estadual. 

FICHA TÉCNICA

MARANHÃO 3 X 1 IAPE 

Local:Estádio Nhozinho Santos
Árbitro: Mayron Frederico dos Reis Novais
Assistentes:  Antonio Adriano de Oliveira e Ivanildo Goncalves da Silva

MARANHÃO

Moisés, Franklin (Alexandre), Leone, Maicon e Gabriel Fontes (Natan); Cavi, Pablo, Gileard (Diquinho) e Jorge (Esquerdinha); Danúbio (Rodriguinho) e Fabrício

Técnico: Zé Augusto

IAPE

Wenderson, Guilherme Rocha (Zé Vitor), Gustavo Cutrim, Alisson e Brenno; Teo, Xaxado,  
Vinicius Barata; Deylon (Netinho), Pedro (Palito) e Naoh (Michael)

Técnico: Celinho Valemtim 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.