Intolerância

País de Gales "dribla" organização e coloca bandeira com arco-íris

Time encontrou uma forma de se manifestar contra o Qatar e sua política de intolerância

Thiago Bastos / Imirante Esporte

Time encontrou uma forma de se manifestar contra o Qatar e sua política de intolerância
Time encontrou uma forma de se manifestar contra o Qatar e sua política de intolerância (Divulgação Folha)

CATAR – A Copa do Catar já é conhecida como a competição do choque cultural. De acordo com a Folha, dois dias depois de sua estreia na Copa —empate em 1 a 1 contra os Estados Unidos—, o País de Gales encontrou uma forma de se manifestar contra o Qatar e sua política de intolerância à população LGBTQIA+.

Segundo o jornal, na manhã desta quarta (23), a delegação da seleção fincou no centro de treinamento Al Sadd SC uma bandeira com o arco-íris e a imagem do escudo de Gales no centro.

A manifestação vai na contramão das orientações da FIFA que, nesta quarta-feira (23), impediu por exemplo que o goleiro alemão Neuer usasse uma braçadeira com a frase “One Love”.

Por causa disso, jogadores da Alemanha – no momento em que posaram para os fotógrafos antes do duelo contra o Japão, taparam as bocas com as mãos. 


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.