Futsal

Magnólia e 2 de Julho são campeões da Copa Interbairros de Futsal

Primeira edição da competição foi encerrada na noite da última quinta-feira (3).

Imirante Esporte, com informações da Assessoria

O Magnólia faturou o título da Copa Interbairros de Futsal Feminino.
O Magnólia faturou o título da Copa Interbairros de Futsal Feminino. (Divulgação)

SÃO LUÍS - A primeira edição da Copa Interbairros de Futsal Adulto, competição promovida pela Federação de Futsal do Maranhão (Fefusma), chegou ao fim na noite da última quinta-feira (3). O Ginásio Costa Rodrigues foi palco das finais das categorias Adulto Feminino e Adulto Masculino. Na disputa entre as mulheres, o título ficou com a equipe do Magnólia, que superou, de virada, o CT Sports por 2 a 1. Já na decisão dos homens, melhor para o 2 de Julho, que bateu o Palmeirinha por 1 a 0.

Na final feminina, Magnólia e CT Sports fizeram um duelo bastante disputado. Favoritas ao título, as meninas do CT Sports começaram a partida melhor e, logo aos 2 minutos, Luana Fonseca foi às redes: 1 a 0. Em vantagem, o CT Sports pressionou em busca do segundo gol, mas esbarrava nas belas defesas da goleira Amanda. E, em um contra-ataque veloz quase no fim da etapa inicial, Sofia empatou a partida: 1 a 1.

Na volta do intervalo, o time do Magnólia se impôs nos minutos iniciais. E, como recompensa, Sofia voltou a marcar e virou a partida para 2 a 1. O CT Sports ainda buscou o empate, mas pecou nas finalizações. Melhor para as meninas do Magnólia que seguraram a pressão para conquistarem a Copa Interbairros.

Além do título, o Magnólia ainda conquistou duas premiações individuais: Amanda foi eleita a Melhor Goleira e Thiago foi o Melhor Técnico. Já o CT Sports teve a Melhor Jogadora (Luana Fonseca) e a Artilheira (Hyasmin).

2 de Julho campeão    

Na decisão da categoria Adulto Masculino da Copa Interbairros de Futsal Adulto, um duelo equilibrado decidido nos detalhes. As equipes do 2 de Julho e do Palmeirinha criaram diversas chances claras de gol, mas o único tento da partida foi assinalado no fim da etapa inicial. João Gustavo aproveitou vacilo da marcação do Palmeirinha para fazer 1 a 0.

Em desvantagem, o Palmeirinha buscou a todo custo o gol de empate no segundo tempo, mas a equipe desperdiçou muitas oportunidades. Melhor para o 2 de Julho, que soube segurar a vantagem mínima para soltar o grito de campeão.

Além do título, o 2 de Julho levou duas premiações individuais: Matheus Furtado foi escolhido o Melhor Jogador e Clarindo Neto foi o Melhor Técnico. Já o Palmeirinhas teve o Melhor Goleiro (Pedro Henrique) e o Artilheiro (Douglas Furtado).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.