Na bronca

Pimentinha reclama de arbitragem e diz: "Parece choro, mas não é"

Meia-atacante reclamou dos trabalhos de Ivan da Silva Júnior, que atuou em Sampaio e Criciúma

Thiago Bastos / Imirante Esporte

Meia-atacante reclamou dos trabalhos de Ivan da Silva Júnior, que atuou em Sampaio e Criciúma
Meia-atacante reclamou dos trabalhos de Ivan da Silva Júnior, que atuou em Sampaio e Criciúma (Ronald Felipe / Sampaio Corrêa)

SÃO LUÍS - O meia-atacante Pimentinha reclamou da atuação da arbitragem de Ivan da Silva Júnior, da Federação do Amazonas, que trabalhou em Sampaio Corrêa (MA) e Criciúma (SC) na noite deste sábado (17) no Estádio Castelão, pela Série B do Brasileiro. A maior reclamação é quanto à anulação do gol de Gabriel Poveda, logo nos primeiros minutos da partida.

A reclamação é quanto à possível saída de bola e uma posição de impedimento do atleta boliviano. Para o meia-atacante, os dois lances deveriam ter sido marcados para o Sampaio. “Fica parecendo choro, mas além disso, o árbitro parou toda hora a partida, com questões pequenas”, disse.

Quem também reclamou da arbitragem foi o atacante Gabriel Poveda que, além de ter um gol anulado no primeiro tempo, viu um gol de meia-bicicleta também ser invalidado na etapa complementar.

VEJA OS LANCES:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.