Domingo amargo

Cruzeiro se impõe e vence o Sampaio pela Série B

Time maranhense foi dominado durante praticamente toda a partida neste domingo

Thiago Bastos / Imirante Esporte

Cruzeiro dominou praticamente todas as ações durante a partida (Crédito: Staff Images)
Cruzeiro dominou praticamente todas as ações durante a partida (Crédito: Staff Images)

BELO HORIZONTE (MG) – O Sampaio Corrêa foi derrotado pelo Cruzeiro (MG) por 2 a 0 jogando em Belo Horizonte (MG) neste domingo (22). A partida foi válida pela 8ª rodada da Série B do Brasileiro.

No primeiro tempo, logo com 20 segundos da partida, o atacante Edu cabeceou para boa defesa do goleiro boliviano Luiz Daniel.

Enquanto o Cruzeiro atuava com três zagueiros, esquema habitual do técnico uruguaio Paulo Pezzolano, o técnico Léo Condé, com a escalação de Gabriel Furtado como titular pela primeira vez, preencheu o meio-campo e começou a partida em um 4-4-2.

Aos 5 minutos, Zé Ivaldo arriscou e quase a bola entrou no gol de Luiz Daniel.

Aos 6 minutos, Ygor Catatau tentou jogada pela linha de fundo, mas a dificuldade era encontrar Gabriel Poveda em meio à zaga celeste.

O primeiro arremate tricolor foi aos 9 minutos, sem perigo, com Gabriel Poveda.

Aos 19 minutos, o meia-atacante Jajá fez ótima jogada individual e após passar por Gabriel Furtado, ele chutou e a bola pegou na trave. 

No minuto seguinte, Jajá perdeu outra oportunidade. Aos 28 minutos da primeira etapa, o volante Lucas Araújo foi expulso, após revisão do VAR.

Com isso, a pressão aumentou do time celeste, tanto que aos 46 minutos da primeira etapa, Luiz Daniel fez mais uma importante defesa, sendo o “cara” do tempo inicial.

No segundo tempo, o técnico Pezzolano desfez os três zagueiros e colocou o time mineiro de forma ainda mais ofensiva.

E a medida deu certo. Após passe de Jajá na ponta-direita, Rafa Silva – que acabara de entrar – fez um a zero para o Cruzeiro.

Time criou várias situações de gol pelo lado direito especialmente (Crédito: Staff Images)
Time criou várias situações de gol pelo lado direito especialmente (Crédito: Staff Images)

Depois do gol e as alterações cruzeirenses, o Sampaio sentiu o baque e demorou 10 minutos para reagir. Teve a chance em um contra-ataque puxado por Eloir, mas o passe foi ruim para Poveda.

Nos minutos seguintes, o Cruzeiro teve mais controle, enquanto o Sampaio segui “dando chutão” e sem trabalhar a bola no meio-campo.

O técnico Léo Condé mexeu pela primeira vez somente aos 28 minutos do segundo tempo. Com Thiago Ennes no lugar de Poveda.

Após a parada técnica, o Cruzeiro ampliou a vantagem com Edu. Ele aproveitou passe da ponta-direita colocado pelo Rafa Silva e fez o segundo na partida.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.