Tudo igual

Pinheiro e Moto Club ficam no empate pelo Estadual

Equipes duelaram no interior em jogo muito disputado.

Thiago Bastos / Imirante Esporte

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h02
Equipes duelaram no interior em jogo muito disputado.
Equipes duelaram no interior em jogo muito disputado. (Hiago Ferreira)

PINHEIRO -Pinheiro e Moto Club não saíram do empate em partida realizada no Estádio Costa Rodrigues, na tarde deste domingo (20). A partida teve a transmissão do Imirante.com, em parceria com a FMF. O técnico Carlos Ferro, do Moto, após a partida, pediu demissão do cargo.

No primeiro tempo, Pinheiro e Moto tiveram bons e maus momentos. O time rubro-negro começou melhor e chegou logo aos 2 minutos, em um chute de longa distância sem perigo de Dagson para a defesa do goleiro Patrick.

O Moto seguiu mais presente no campo de ataque até os 20 minutos da primeira etapa, quando começou a dar espaços para o time pinheirense, que chegava com as subidas dos meias Edicléber e Márcio Diogo e a presença sempre importante do atacante Alecsandro.

As duas principais chances do time de Pinheiro foram de Edicléber e de Joel, a partir de chute que desviou no atacante Alecsandro.

Depois disso, nos últimos minutos da partida na etapa inicial, o Moto voltou a se soltar, com boa movimentação do meia Lineker. Foi dele o passe que achou Emerson Nike dentro da área cabecear sem chances para o goleiro adversário.

Na etapa complementar, o jogo ficou um pouco mais aberto, e o Pinheiro – principalmente com as entradas de Douglas e do meia-atacante Clecione, ficou mais ofensivo. Em compensação, o Moto preferiu jogar priorizando a manutenção do resultado.

Em uma jogada de ataque, Douglas teria sido derrubado na área em jogada duvidosa, marcada pelo árbitro Paulo José Mourão. Na batida, Douglas bateu para fora.

Na jogada seguinte, após cruzamento na área, Clecione cabeceou sem marcação para o gol de João Paulo.

O Moto, por sua vez, colocou novos jogadores em campo, como Ozéias. Antes do gol, Ted Love também foi lançado.

Mas após o gol, o Pinheiro permaneceu melhor na partida, e em cobrança de falta aos 34 minutos, o PAC assustou colocando na trave de João Paulo que somente observou.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.