Futebol

China muda regulamento e beneficia jogadores estrangeiros

Anteriormente, os clubes tinham a permissão de contratar quatro estrangeiros e um jogador asiático.
Gazeta Esportiva15/01/2017 às 10h05

CHINA - A Federação Chinesa de Futebol promoveu neste final de semana a primeira mudança no regulamento do esporte do país desde 2009. A entidade ampliou o espaço destinado a atletas de fora do continente asiático nos elencos e alterou as normas que restringiam a participação de estrangeiros em partidas do Campeonato Chinês.

Anteriormente, os clubes tinham a permissão de contratar quatro estrangeiros e um jogador asiático cuja nacionalidade não fosse chinesa. A nova determinação autoriza as equipes a terem cinco estrangeiros oriundos de qualquer país.

A entidade também autorizou a escalação de três estrangeiros por partida, independentemente de qual for a nacionalidade dos jogadores. As regras anteriores diziam que quatro estrangeiros poderiam jogar juntos no país, mas ao menos um deveria ser de origem asiática.

As mudanças têm o intuito de ampliar a importância dos estrangeiros na popularização do esporte no país. Os chineses investiram pesado nesta janela de transferências e trouxeram novas estrelas de nível mundial para jogar a temporada de 2017, como o meia Oscar e o atacante Carlitos Tevez.

Segundo o jornal Marca, a federação procurou manter os cuidados com o desenvolvimento de jogadores chineses e estabeleceu uma regra exigindo a presença de pelo menos um atleta sub-23 nas escalações titulares. Um garoto da categoria também deverá estar presente no banco de reservas em todas as partidas.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.