Luto

Ídolo do Milan e ícone do futebol italiano, Cesare Maldini morre aos 84 anos

A causa da morte do ex-capitão da seleção italiana não foi divulgada.
Gazeta Esportiva03/04/2016 às 10h52

SÃO PAULO - Após Johan Cruyff ter deixando saudades nos amantes de futebol, na madrugada deste domingo outra lenda do esporte faleceu. Cesare Maldini, ídolo do Milan e ex-capitão da seleção italiana, morreu aos 84 anos, e a causa ainda não foi divulgada.

Em sua carreira como jogador, Cesare defendeu apenas o Milan e conquistou títulos importantes pela equipe. Além de ser tetracampeão italiano, venceu a primeira Copa dos Campeões da história do clube, hoje Champions. Na decisão, no Estádio de Wembley, os Rossoneros bateram o Benfica, que contava com o craque Eusébio. Pela Itália, foram apenas 14 jogos na seleção, mas com a honra de ser o capitão da Azzurri.

Após deixar os gramados, iniciou sua carreira como treinador. Seu primeiro trabalho foi no time de coração, o Milan, passando depois por outros clubes do país e ate pela seleção, sendo o técnico durante a Copa do Mundo de 1998. Depois, assumiu a seleção do Paraguai, comandando a Albirroja durante o Mundial de 2002.

Além de suas glórias pessoais, Cesare é lembrado também por ser pai de Paolo Maldini, um dos maiores ídolos da história do Milan.

Por sua importância inenarrável, os Rossoneros entrarão com braçadeiras pretas e camisas brancas no duelo deste domingo contra o Atalanta. Além disso, o Twitter oficial do clube postou uma foto com a mensagem “Adeus, querido Cesare. Hoje o mundo perdeu um grande homem, e nós perdemos uma página de nossa história. Você deixará saudades”.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.