Copa do Mundo

Neymar vibra com retorno, admite medo após lesão, mas diz: “Valeu a pena”

Passada a partida, Neymar admitiu que temeu ficar de fora da Copa do Mundo por causa da lesão.

Gazetapress

- Atualizada em 07/12/2022 às 01h40
Neymar celebra com companheiros gol na vitória diante da Coreia
Neymar celebra com companheiros gol na vitória diante da Coreia (Lucas Figueiredo/CBF)

DOHA - Neymar voltou aos gramados em grande estilo nesta segunda-feira (5), contra a Coreia do Sul, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. Exatos 11 dias após a lesão ligamentar sofrida no tornozelo direito, o camisa 10 do Brasil não só retornou ao time titular como também marcou um gol, de pênalti, para ajudar sua equipe a avançar para as quartas de final da competição.

VEJA MAIS 

Brasil goleia Coreia em retorno de Neymar e enfrentará Croácia nas quartas de final

Veja imagens da goleada do Brasil sobre a Coreia do Sul no Estádio 974

Passada a partida, Neymar admitiu que temeu ficar de fora da Copa do Mundo por causa da lesão no tornozelo direito sofrida logo na estreia da equipe no torneio, mas conseguiu dar a volta por cima graças a uma rotina maçante de tratamento até altas horas da madrugada.

“Bateu um medo muito grande, porque vinha muito bem, de uma temporada muito boa. Sofrer uma lesão que eu sofri é ruim. Passei a noite chorando muito, meus familiares sabem, mas deu tudo certo. Valeu a pena o esforço de ter ficado até 11h da manhã tratando com o fisioterapeuta no dia da lesão e nos outros dias até 5h, 6h da manhã. Todo sofrimento é válido para que no final a gente possa coroar uma coisa tão bonita que vai acontecer”, disse Neymar á TV Globo.

Com o gol marcado nesta segunda-feira, Neymar se igualou a Pelé e a Ronaldo como um dos únicos jogadores a balançarem as redes em três Copas do Mundo diferentes.

“Alcançar marcas, pra mim, é um orgulho muito grande. Alcancei coisas que jamais imaginaria que iria alcançar. Estou muito contente, muito feliz”, prosseguiu.

Essa é a terceira vez que Neymar disputará as quartas de final da Copa do Mundo. Em 2014, contra a Colômbia, acabou sendo substituído após receber uma joelhada de Zuñiga nas costas. Já em 2018, foi eliminado pela Bélgica. Agora, o camisa 10 sonha com um desfecho diferente.

“Chegou a hora de ir mais longe, a gente sonha com o título, é óbvio, mas temos que ir passo a passo. Quarto jogo hoje, faltam três. A gente está muito preparado, bem focado para conseguir esse título”, comentou Neymar.

Por fim, o principal jogador brasileiro aproveitou para deixar uma mensagem a Pelé, internado em um hospital em São Paulo para dar sequência ao tratamento do câncer no cólon.

“Difícil falar sobre o momento que o Pelé está passando, mas desejo as melhores coisas para ele. Espero que ele fique bem de saúde o mais rápido possível, que ele possa ter se sentido confortado com a vitória e a faixa”, concluiu, se referindo à faixa carregada pelos jogadores da Seleção após a partida que continha o nome de Pelé e uma foto sua comemorando um gol na Copa do Mundo de 1970.

 

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.