Copa do Mundo

Inglaterra vence Senegal e avança para encarar a França nas quartas de final da Copa do Mundo

Seleção inglesa contou com brilho de jovens destaques para superar o campeão africano.

Igor Santos / Agência Brasil

Kane comemora: a Inglaterra não teve dificuldades para eliminar Senegal da Copa do Mundo.
Kane comemora: a Inglaterra não teve dificuldades para eliminar Senegal da Copa do Mundo. (Reprodução / Twitter @England)

DOHA (CATAR) - Se a França mostrou suas credenciais mais cedo para se qualificar às quartas de final, a futura adversária dos atuais campeões não ficou para trás. Em uma atuação segura, a Inglaterra não teve dificuldades para passar por Senegal pelo placar de 3 a 0, neste domingo (4) no Estádio Al Bayt, pelas oitavas de final da Copa do Mundo do Catar. Os ingleses retornam ao mesmo local para encarar os franceses no próximo sábado (10), às 16h (horário de Brasília).

O destaque na classificação ficou por conta das belas atuações do jovem Jude Bellingham, de apenas 19 anos e que participou dos dois primeiros gols, e de Harry Kane, artilheiro da Copa da Rússia há quatro anos e que finalmente desencantou marcando pela primeira vez no Catar.

Sterling é desfalque de última hora

Pouco antes da partida, a Federação Inglesa de Futebol divulgou que o atacante Raheem Sterling estava de fora do duelo para tratar de uma questão familiar. Ele vinha sendo titular no time inglês. Vale lembrar que o zagueiro Ben White já havia deixado a delegação do país por razões pessoais.

Com Saka, Foden e Kane no ataque, a seleção inglesa imprimiu um estilo de controle de jogo que surtiu pouco efeito nos primeiros 30 minutos. A primeira boa chance da partida foi de Senegal, quando Dia foi lançado dentro da área e chutou forte para difícil defesa de Pickford com o braço esquerdo.

No entanto, pouco depois a Inglaterra deu início a uma faixa do jogo que se mostrou decisiva. Aos 38, Bellingham recebeu belo passe de Kane por dentro da defesa senegalesa, avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Jordan Henderson, que apareceu de surpresa na área para completar de primeira e marcar.

No começo dos acréscimos, Bellingham puxou contra-ataque para a Inglaterra, escapou das faltas e acionou Foden, que encontrou Kane completamente livre. O centroavante avançou até a área e fuzilou o goleiro Mendy, ampliando o placar.

Duelo resolvido antes dos 15 do 2º tempo

Na volta do intervalo, a Inglaterra não quis saber de cozinhar o jogo e praticamente definiu a classificação aos 12 minutos. De forma rápida, a roubada de bola no campo de defesa chegou ao ataque e Foden surgiu livre pelo lado esquerdo. O passe rasteiro para dentro da área foi preciso e Saka, com apenas um leve toque, tirou de Mendy para fazer 3 a 0.

Daí em diante, o time inglês (que soma 12 gols em quatro partidas) não correu mais riscos e assegurou o triunfo sem maiores problemas.

O próximo compromisso é delicado. Os franceses, atuais campeões mundiais, serão os adversários, num duelo que nunca aconteceu em fases eliminatórias da Copa. Tanto em 1966 quanto em 1982, em jogos válidos pela fase de grupos, os ingleses saíram vencedores.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.