Jogo de recordes

França bate a Polônia e avança às quartas da Copa

Girou e Mbappé, duas vezes, anotaram os gols dos franceses. Do outro lado, Lewandowski descontou.

Imirante Esportes, com informações da Fifa

- Atualizada em 04/12/2022 às 14h57
França deu mais um passo na defesa do título conquistado em 2018.
França deu mais um passo na defesa do título conquistado em 2018. (Foto: Reprodução / Twitter Fifa)

CATAR - No dia em que viu Olivier Giroud se isolar no posto de maior artilheiro da história da sua seleção masculina, a França deu mais um passo na defesa do título conquistado em 2018, derrotou  neste domingo (4) a Polônia por 3 a 1 e se classificou para as quartas de final da Copa do Mundo 2022.

O dono da camisa 9 abriu o caminho da vitória em uma partida que acabou se mostrando um pouco mais complicada do que o desempenho das duas seleções ao longo da fase de grupos fazia acreditar. 

O terceiro gol do centroavante do Milan no Oriente Médio o fez ultrapassar a marca história de Thierry Henry, antigo goleador máximo da França em todos os tempos. Agora, Giroud tem 53 bolas nas redes pela seleção, uma a mais que o ex-recordista.

As outras bola que morreram nas redes polonesas também foram especial. Ao colocar números finais no placar, Kylian Mbappé marcou pela quarta e quinta vez na Copa e assumiu a artilharia da competição.

Com o triunfo, os franceses se tornaram também o segundo time da Europa entre os oito melhores do Mundial-2022. Eles disputarão a classificação para as semifinais no sábado, contra o vencedor do confronto entre Inglaterra e Senegal, que vão a campo ainda neste domingo.

Já a Polônia volta para casa com a sensação de dever cumprido. A seleção não chegava nas oitavas desde 1986. Ou seja, fez sua melhor campanha em 36 anos.

A França estava sendo encurralada pela Polônia, que havia inclusive acabado de perder uma grande chance de abrir o placar, quando Giroud fez o gol do recorde. Aos 43 minutos do primeiro tempo, Mbappé recebeu passe de Dayot Upamecano, percebeu a movimentação do centroavante e entregou rápido para o chute cruzado do artilheiro.

Número

A partida deste domingo não foi histórica apenas para Giroud. Capitão na conquista do bicampeonato mundial, quatro anos atrás, Hugo Lloris foi a campo pela 142ª vez com a camisa dos Bleus e se igualou ao ex-defensor Lilian Thuram no posto de jogador que mais defendeu a seleção francesa em todos os tempos.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.