Embolou

Costa Rica surpreende no fim, vence Japão e dá sobrevida à Alemanha na Copa do Mundo

Com o resultado, a chave está totalmente bagunçada: Espanha, Japão e Costa Rica somam três pontos cada.

Gazetapress

Jogadores da Costa Rica celebram o gol da vitória
Jogadores da Costa Rica celebram o gol da vitória (Reprodução / FIFA)

DOHA- Quando o primeiro jogo deste domingo da Copa do Mundo se encaminhava para um empate sem gols, Fuller acertou um belo chute e garantiu a vitória da Costa Rica em cima do Japão, por 1 a 0, em confronto válido pela segunda rodada do grupo E, no Estádio Al Rayyan, em Doha.

No primeiro confronto entre as seleções na história dos Mundiais, o duelo foi de nível técnico abaixo do esperado e sem grandes emoções na primeira etapa, mas, na complementar, a situação mudou: os japoneses queriam o resultado, mas foram os costarriquenhos, em seu primeiro chute ao alvo no Mundial, que abriram o placar.

Com o resultado, a chave está totalmente bagunçada: Espanha, Japão e Costa Rica somam três pontos cada, enquanto a Alemanha é a lanterna, sem pontuar. Ainda hoje, às 16h (de Brasília), espanhóis e alemães se encontram em jogo decisivo.

Na última rodada da fase de grupos, o Japão enfrenta a Espanha, enquanto a Costa Rica pega a Alemanha, ambos os jogos na quinta-feira, às 16h (de Brasília).

O jogo

Primeiro tempo morno

Embalados pelo primeiro resultado, os japoneses foram para o ataque desde o início, enquanto os costarriquenhos apostavam em bolas alçadas na área, principalmente em faltas sofridas perto do setor. No entanto, nenhuma grande chance de abertura do placar na primeira metade de primeiro tempo, com vários erros na troca de passes.

O primeiro chute aconteceu apenas aos 34 minutos. Em bola cruzada na área japonesa e cortada pela defesa, Campbell pegou o rebote e arriscou, mas muito longe do gol.

Japoneses melhoram, mas Fuller faz

Diferentemente da etapa inicial, a complementar começou já com uma grande defesa de Navas em chute cruzado dos japoneses, com menos de um minuto de boa rolando. Pouco depois, troca rápida de passes e nova chegada, mas com intervenção mais tranquila do goleiro.

Aos 11 minutos, Soma tentou jogada individual, invadiu a área e chutou, mas a bola acabou abrindo demais e foi para fora. Do outro lado, a Costa Rica não conseguia se manter muito com a bola, com pouca criação. Adiante, aos 25 minutos, Calvo parou Ito com falta na entrada da área em grande investida japonesa. Mas, na cobrança, a bola ficou na barreira.

Faltando apenas dez minutos para o fim do duelo, a Costa Rica surpreendeu e, quando menos se esperava, no primeiro chute a gol em dois jogos, Fuller recebeu na entrada da área e finalizou colocado, para estufar as redes de Gonda, que chegou a tocar na bola.

Quase nos acréscimos, Mitoma invadiu a área e cruzou, mas Navas conseguiu defender após o chute. No bate-rebate perigoso, o goleiro segurou a bola.

FICHA TÉCNICA

JAPÃO 0 X 1 COSTA RICA

Local: Estádio Al Rayyan, em Doha (Catar)
Data: 27 de novembro de 2022 (domingo)
Horário: 7 horas (de Brasília)
Árbitro: Michael Oliver (Inglaterra)
Assistentes: Stuart Burt e Simon Bennett (ambos da Inglaterra)
VAR: Jerome Brisard (França)
Cartões amarelos: Contreras, Borges e Calvo (Costa Rica); Yamane, Itakura e Endo (Japão)
GOLS:
Costa Rica: Fuller, aos 35 minutos do segundo tempo.

JAPÃO: Gonda; Yamane (Mitoma), Nagatomo (Ito), Itakura; Yoshida, Endo e Doan (Junya Ito); Morita, Soma (Minamino), Kamada; Ueda (Asano).Técnico: Hajime Moriyasu.

COSTA RICA: Navas; Fuller, Oscar Duarte, Calvo, Waston e Oviedo; Torres (Aguilera), Borges (Salas), Tejeda; Contreras (Benette) e Campbell (Chacón). Técnico: Luis Fernando Suarez.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.