Rugby Sevens

Maranhense brilha, Brasil derrota Espanha e celebra 11º lugar na Copa do Mundo

Atleta olímpica, Thalia Costa se destacou na campanha da seleção nacional.

Com informações da assessoria

A velocidade de Thalia Costa foi uma das armas das Yaras na vitória sobre as espanholas
A velocidade de Thalia Costa foi uma das armas das Yaras na vitória sobre as espanholas

CIDADE DO CABO - A Seleção Brasileira Feminina de Rugby Sevens fechou a Copa do Mundo em alta ao derrotar a Espanha neste domingo (11) por 19 a 17, alcançando o 11º lugar geral na competição disputada no Cape Town Stadium, na Cidade do Cabo, África do Sul. Um dos destaques da equipe brasileira foi a maranhense Thalia Costa, que disputou também os jogos de Tóquio, assim como sua irmã, Thalita. 

O resultado é o segundo maior da história das Yaras na competição, superando as campanhas nos Mundiais de 2013 e 2018, as duas edições anteriores. A Espanha terminou a temporada 2021-22 do Circuito Mundial de Rugby Sevens uma posição acima do Brasil e a vitória veio com sabor de superação para o time brasileiro.

“Estamos felizes de vencer a Espanha porque elas terminaram na nossa frente na última temporada, mas agora começamos a nova temporada na frente delas e pudemos sentir como estão os times para o Circuito Mundial”, comentou Luiza Campos, capitã do Brasil.

O Brasil abriu o placar com try na velocidade de Thalia Costa, mas as espanholas viraram o placar com try de Argudo, seguido de conversão. Thalia disparou para o segundo try antes da pausa, levando o duelo ao intervalo com as Yaras liderando o placar por 12 a 7.

O segundo tempo começou perfeito para as Yaras com try precioso de Marcelle Souza, porém a Espanha voltou a reagir com tries de Elias e Erbina. Sem as conversões, as espanholas falharam em virar o placar e o Brasil sustentou a vitória por 19 a 17 nos instantes finais, garantindo a posse da bola em momento crucial no apagar das luzes, com forte defesa.

Seleção Brasileira superou suas últimas duas campanhas
Seleção Brasileira superou suas últimas duas campanhas

“Não foi o torneio que esperávamos porque queríamos ter derrotado a Irlanda nas oitavas de final e, depois, o Japão. Mas no último jogo contra a Espanha pudemos desempenhar um pouco daquilo que gostaríamos, tentamos algumas jogadas diferentes e terminar com uma vitória é sempre importante”, atestou Will Broderick, treinador do Brasil.

Campanha das Yaras no torneio

Brasil 12 x 24 Irlanda

Brasil 33 x 00 Colômbia

Brasil 10 x 19 Japão

Brasil 19 x 17 Espanha – Disputa de 11º lugar

Lista de convocadas:

1. Mariana Nicolau – São José (SP)

2. Luiza Campos – Charrua (RS)

3. Larissa Alves – Curitiba (PR)

4. Leila Silva – Leoas (SP)

5. Thalia Costa – Delta (PI)

6. Isadora Lopes – Melina (MT)

7. Aline Furtado – USP (SP)

8. Marina Fioravanti – Band Saracens (SP)

9. Gabriela Lima – El Shaddai (RJ)

10. Andressa Alves – El Shaddai (RJ)

11. Bianca Silva – Leoas (SP)

12. Marcelle Souza – El Shaddai (RJ)

Comissão técnica das Yaras:

Treinador – William Broderick

Manager – Dannielle Abreu

Preparador Físico – Ismael Arenhart

Fisioterapeuta – Beatriz Rodrigo

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.