Vandalismo

Estátua de Messi em Buenos Aires é cortada ao meio por vândalos

A estátua foi erguida no ano passado, após a derrota da seleção argentina para o Chile.

Gazeta Esportiva

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h26
Os autores do ato não foram identificados.
Os autores do ato não foram identificados. (Foto: Reprodução / Twitter)

BUENOS AIRES - A estátua erguida em homenagem ao jogador Lionel Messi em Buenos Aires, capital da Argentina, foi vandalizada na segunda-feira. O monumento teve a sua parte superior arrancada por vândalos, restando apenas a base e as pernas da imagem do atleta do Barcelona.

“Estamos trabalhando para recuperá-la”, informou a administração argentina por meio de uma nota.

O monumento está localizado no bairro de Puerto Madero e integra uma área batizada de Paseo de la Gloria. O trecho de estátuas homenageia grandes esportistas argentinos, entre eles Gabriela Sabatini, Emanuel Ginóbili e Juan Manuel Fangio.

A estátua foi erguida no ano passado, após a derrota da seleção argentina para o Chile na final da Copa América Centenário. Messi havia anunciado a aposentadoria do time nacional depois do confronto, mas voltou atrás na decisão após manifestações de apoio de torcedores.

Também na segunda-feira, Messi foi derrotado pelo português Cristiano Ronaldo na eleição de melhor jogador do mundo da Fifa. O argentino não esteve na cerimônia de gala em Zurique, na Suíça. A decisão de não prestigiar o evento atraiu críticas do ídolo Diego Armando Maradona, que disse ter ficado “decepcionado” com o atleta.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.