Troféu Mirante

Indicados do badminton falam sobre premiação e chance de ganhar

Alan Vinicius e as irmãs Maria Natelly e Maria Nadylla são indicados.
Eduardo Lindoso / Imirante Esporte21/12/2021 às 10h16

Esta edição do Troféu Mirante terá 28 modalidades na disputa (Foto: Grupo Mirante)

SÃO LUÍS – O Imirante Esporte segue nesta terça-feira (21) com a série de reportagens com depoimentos dos concorrentes do Troféu Mirante 2021. A modalidade desta vez será o “Badminton”, que tem Alan Vinicius, e as irmãs Maria Natelly e Maria Nadylla como os indicados. A votação para o Troféu Mirante Esporte 2021 está aberta, vai até o dia 14 de janeiro e a cerimonia, com 27 modalidades na disputa, acontecerá dia 20 de janeiro de 2022, no Teatro Arthur Azevedo, no Centro. Para votar é só acessar o endereço grupomirantema.com/trofeumirante/2021/indicados/. No link, consta a lista dos candidatos e, abaixo da lista, em uma barra “Clique Aqui Para Votar no Seu Atleta Favorito”, é possível registrar o voto.

LEIA MAIS

Aberta a votação de mais uma edição do Troféu Mirante Esporte

Indicados do basquete abrem série com depoimentos dos concorrentes ao Troféu Mirante Esporte

Alan Vinicius

Alan Vinicius é destaque do badminton maranhense (Foto: Divulgação)

Destaque do Badminton no Maranhão, em competições estaduais, regionais e nos Jogos Escolares da Juventude, como o bronze da 1ª divisão em 2019, Alan Vinicius é um forte candidato ao prêmio. Ele falou da sua relação com o esporte. “Acho que eu fui indicado ao Troféu Mirante por conta de toda a minha dedicação ao esporte, ao badminton. Através do badminton eu pude obter novas experiências em competições, em viagens, fui campeão em etapas regionais, estaduais, e acho que, por conta disso, mereço ganhar o prêmio Troféu Mirante. Por ter toda essa dedicação e todo esse esforço ao longo de todos esses anos”.

Maria Natelly

Maria Natelly durante competição (Foto: Divulgação)

A atleta se destacou nas competições municipais de badminton em Timon, sua cidade, Copa Norte e Nordeste e competições realizadas pela Confederação Brasileira da modalidade. “No individual, eu mereço ganhar para ter mais uma conquista em nome do badminton, e no coletivo para dar exemplo para as futuras gerações que vão competir em nome do badminton”.

Maria Nadylla

Maria Nadylla foi destaque em competição timonense (Foto: Divulgação)

Jogando em alto nível nos dois últimos anos, Maria Nadylla, principalmente nas competições estaduais e timonenses, falou sobre o prêmio. “Eu mereço ganhar porque já vi meus colegas de equipe conquistando esse mérito e vi que esse evento é de suma importância. Então, começou a fazer parte do meu sonho conquistar o Troféu Mirante”.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

Selo IVC
© 2019 - Todos os direitos reservados.